CORONAVÍRUS NA GRAVIDEZ E PRIMEIRA INFÂNCIA

por Equipe Danone Nutricia 26 de março de 2020 5 minutes

perguntas e respostas sobre coronavírus na gravidez e primeira infância

1) Estou grávida. As mulheres grávidas podem transmitir o coronavírus para o feto durante a gestação?

No momento, não há evidências suficientes para determinar se o vírus é transmitido da mãe para o bebê durante a gravidez ou o impacto potencial que isso pode ter no feto. Pesquisas sobre o assunto estão sendo conduzidas no momento. As mulheres grávidas devem continuar a seguir as precauções apropriadas para se proteger da exposição ao vírus e procurar atendimento médico mais cedo, se tiverem sintomas como febre, tosse ou dificuldade para respirar.

Consulte o seu profissional de saúde em caso de dúvidas ou preocupações.

2) O COVID-19 afeta bebês?

Este vírus é novo e a Organização Mundial de Saúde ainda não sabe o suficiente sobre como afeta bebês ou mulheres grávidas. O que eles sabem é pessoas de qualquer idade podem ser infectadas pelo vírus, mas até agora houve relativamente poucos casos de COVID-19 relatados entre crianças e nenhum em bebês. Por hora, o vírus mostrou-se fatal em casos raros,  principalmente entre pessoas idosas com condições médicas pré-existentes. Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato com seu médico.

3) É seguro para uma mãe amamentar se estiver infectada pelo coronavírus?

Todas as mães que apresentam sintomas de febre, tosse ou dificuldade em respirar devem procurar atendimento médico o mais cedo possível e seguir as instruções de um profissional de saúde.

Considerando os benefícios da amamentação e o papel insignificante do leite materno na transmissão de outros vírus respiratórios, a mãe pode continuar amamentando, desde que adote todas as precauções necessárias e de acordo com orientação médica.

Para mães sintomáticas que estejam bem o suficiente para amamentar, isso inclui usar a máscara facial quando estiver perto de uma criança (inclusive durante a amamentação), lavar as mãos antes e depois do contato com a criança (inclusive ao amamentar) e limpar/desinfetar superfícies contaminadas - como deve ser feito em todos casos em que qualquer pessoa com COVID-19 confirmado ou suspeito interage com outras pessoas, inclusive crianças.

Se a mãe estiver muito doente, ela deve ser encorajada a retirar o leite e  dá-lo de mamar ao bebê usando um copo e/ou colher limpos - todos seguindo os mesmos métodos de prevenção de infecções, de acordo com a orientação médica.

Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato com seu médico

4) O bebê pode usar uma máscara para sair?

As máscaras podem ser desconfortáveis ​​para o seu bebê com menos de um ano de idade e necessitam de trocar frequentes. Portanto, para limitar os riscos, você pode seguir as demais recomendações da Organização Mundial de Saúde para ajudar a proteger você e seu filho do COVID-19. E para ser realmente seguro, você deve limitar a exposição do dele às multidões o máximo possível.

Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato com seu médico.

5) E se meu filho estiver muito impressionado sobre o coronavírus?

As crianças podem reagir ao estresse de maneiras diferentes, como serem mais pegajosas, ansiosas, retraídas, irritadas ou agitadas, urinar na cama etc.

Se você tem alguma preocupação com a saúde mental do seu filho, consulte seu profissional de saúde.

Para mais informações visite: https://coronavirus.saude.gov.br/

 

Referências:

Ministério da Saúde. Informações sobre gripe.

Ministério da Saúde. Gripe (Influenza): causas, sintomas, tratamento, diagnóstico e prevenção.

World Health Organization. Q&A on coronaviruses (COVID-19).

Guia para alimentação saudável em tempos de COVID-19. ASRAN, 2020.

 

 

 

LEIA MAIS