Isolamento e quarentena do coronavírus: como funciona e quem precisa fazer

por Equipe Danone Nutricia 20 de março de 2020 5 minutes

a quarentena poderá ser determinada para regiões do brasil ou todo o território nacional, enquanto o isolamento domiciliar ou hospitalar ocorre em casos individuais

O Ministério da Saúde regulamentou as condições de isolamento para pacientes com suspeita ou confirmação de infecção pelo novo coronavírus (COVID-19) no Brasil. O texto, publicado no Diário Oficial da União, também trata da quarentena, que poderá ser estabelecida se necessário.

Na Itália, em quarentena desde 9 de março, a movimentação dos moradores está restrita. Farmácias, supermercados e bancos estão abertos, mas outros estabelecimentos estão funcionando em horários reduzidos. Viajar entre as diferentes regiões do país só é permitido com justificativa.

No Brasil, se a medida for determinada, o objetivo também será restringir o trânsito de pessoas para diminuir a velocidade de transmissão do vírus. A quarentena ainda tem como objetivo garantir a manutenção dos serviços de saúde, que podem colapsar se diversos casos necessitando atendimento hospitalar forem diagnosticados ao mesmo tempo. 

Se a quarentena for determinada em regiões específicas do Brasil ou em todo o território nacional, os moradores deverão seguir as regras estabelecidas. Do contrário, poderão ser penalizados.

Também é importante pontuar que a quarentena não necessariamente dura 40 dias. O período será estabelecido de acordo com as características específicas do local.

as recomendações para isolamento

O isolamento é aplicado caso a caso, e não para toda uma região. As medidas procuram conter e separar pessoas que forem:

  • Casos confirmados de coronavírus;

  • Suspeitas de portar o coronavírus;

  • Tiveram contato íntimo com casos confirmados da doença;

  • Forem portadores da doença, mas sem sintomas. 

Nesses casos, o isolamento deverá ser feito em ambiente domiciliar. Ou seja, a recomendação é que você fique em casa e evite sair o máximo possível. Se for necessário sair, use a máscara facial. Veja aqui dicas para proteger a si próprio e a outras pessoas. (linkar texto “9 dicas para se proteger contra o coronavírus”)

O isolamento também pode ser feito em hospitais públicos ou privados, conforme recomendação médica, por um prazo de 14 dias ou pelo período necessário de acordo com os sintomas e resultado de exames.

A medida de isolamento pode ser determinada somente pelo médico, mediante uma prescrição, ou por recomendação de um agente de vigilância epidemiológica. Nos locais onde não existem esses agentes, o Secretário de Saúde poderá determinar a medida. 

Quando o médico determinar o isolamento, o paciente deverá assinar um termo de consentimento livre e esclarecido. De toda forma, a recomendação será feita seguindo as diretrizes do Plano Nacional de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo novo Coronavírus (Convid-19-).

Se você fizer o teste e der negativo, a medida de isolamento não será determinada.

Referências bibliográficas:

Ministério da Saúde. Ministério da Saúde recomenda quarentena para viajantes assintomáticos para coronavírus. é fake news! 

Ministério da Saúde. Saúde regulamenta condições de isolamento e quarentena.

Diário Oficial da União. Portaria N. 356, de 11 de março de 2020.

LEIA MAIS