Fibra alimentar na dieta enteral

por Equipe Dieta Enteral

As fibras alimentares exercem um papel benéfico na saúde não só do intestino, mas também possuem um efeito benéfico para o organismo como um todo [1]. 

Em relação ao intestino, as fibras melhoram seu funcionamento, e também, são “alimentos” para as bactérias intestinais. Alguns tipos de bactérias que vivem no nosso intestino são beneficiadas com a presença de fibras, dessa forma, elas conseguem combater as bactérias patogênicas (que podem causar infecção). Além disso, o fato de algumas bactérias utilizarem as fibras como um “alimento” faz com que haja a liberação de substâncias benéficas, como os ácidos graxos de cadeia curta. Esse tipo específico de gordura melhora a saúde das células intestinais, pois são fonte de energia para essas células. Além desse efeito local, as fibras alimentarem parecem exercer um efeito direto ou indireto no sistema imunológico, modulando seu funcionamento [1,2].

Existem diferentes tipos de fibras alimentares, e isso modifica como as bactérias intestinais e as células do intestino as reconhecem, trazendo diferentes efeitos à saúde. Por isso, o ideal é consumir uma composição variada de fibras, de diferentes fontes, assim, você fornece ao seu corpo diferentes estruturas de fibras. Além disso, algumas pessoas se queixam de gases e dores abdominais com o consumo de determinados tipos de fibras. Com essa variedade de fibras esses sintomas são diminuídos, e as bactérias são expostas à diferentes “alimentos”, que podem aumentar sua ação benéfica [1,3].

As fibras alimentares podem ser subdivididas por seu grau de solubilidade: fibras solúveis e fibras insolúveis. Ambas fazem bem à saúde e devem ser consumidas. Alguns exemplos de fibras solúveis são: frutooligossacarídeos, galactooligossacarídeos, pectinas, inulina e goma arábica; e de fibras insolúveis: celulose e amido resistente [1].

O desafio para dietas enterais é conseguir fornecer essa variedade de fibras alimentares. Por isso, procure dietas que façam um mix de diferentes tipos de fibras. Dessa forma, você fornece para o seu corpo os componentes que ele precisa, ajudando na sua recuperação [4]!

 

Referencias

[1] Anderson, James W., et al. "Health benefits of dietary fiber." Nutrition reviews 67.4 (2009): 188-205.

[2] Watzl, Bernhard, Stephanie Girrbach, and Monika Roller. "Inulin, oligofructose and immunomodulation." British Journal of Nutrition 93.S1 (2005): S49-S55.

[3] Harju, E. "Guar gum benefits duodenal ulcer patients by decreasing gastric acidity and rate of emptying of gastric contents 60 to 120 minutes postprandially." The American surgeon 50.12 (1984): 668-672.

[4] Zaman, Mazuin Kamarul, et al. "Fiber and prebiotic supplementation in enteral nutrition: A systematic review and meta-analysis." World Journal of Gastroenterology: WJG 21.17 (2015): 5372.

 

 

Leia mais

Perguntas sobre nossos produtos?

Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!