O que é necessário para administrar a dieta enteral

O que é necessário para administrar a dieta enteral

por Equipe Danone Baby 20 de fevereiro de 2020 5 minutes

sonda, equipo e suporte são os utensílios necessários para administrar a dieta enteral

Quando o paciente não consegue se alimentar normalmente, ingerindo alimentos sólidos, a dieta enteral é a alternativa adequada para mantê-lo forte e bem nutrido. Nesse caso, esse paciente passa a se alimentar pela sonda com a alimentação líquida que é administrada pelo trato gastrointestinal.  

Na dieta enteral, o profissional de saúde introduz um tubo fino (sonda) pelo nariz do paciente até o estômago ou intestino. A sonda também pode ser acoplada diretamente ao abdome. O profissional de saúde que acompanha o paciente prescreve a dieta enteral conforme a necessidade nutricional do paciente e então todos os nutrientes necessários são administrados de forma líquida. 

A dieta enteral surgiu nos anos 1980 e foi considerada uma forma eficiente de manter bem nutrido o paciente que não consegue se alimentar normalmente. Isso porque simula o mecanismo fisiológico do nosso organismo, estimulando estômago e intestino. Tal alimentação também melhora a resistência do paciente para se proteger contra bactérias que podem causar infecções, além de ser nutricionalmente completa, reduzindo os riscos de desnutrição. 

Veja, abaixo, o que é preciso para administrar a dieta enteral: 

 

Sonda: o que é e para que serve?

A sonda é um tubo fino de material macio e flexível, próprio para ser introduzido pelo nariz do paciente até o estômago ou intestino. Em alguns casos, pode ser substituída pela gastrostomia ou por uma jejunostomia, procedimentos cirúrgicos para a fixação de uma sonda alimentar na altura do estômago ou do jejuno (porção do intestino delgado). 

Em todos os casos, o objetivo é permitir que a dieta chegue ao estômago ou ao intestino do paciente adequadamente. Para que a alimentação seja administrada, além da sonda na posição certa, será necessário um equipo. 

equipo: o que é e qual sua função

O equipo é um tubo de material flexível que conecta o frasco com a dieta à sonda do paciente. Com o equipo, podemos controlar o fluxo da alimentação, ou seja, a velocidade com que o paciente vai recebê-la. Para isso, existe uma pequena "pinça" no equipo (pinça de rolete), que pode ser aberta ou fechada para o controle do gotejamento da dieta. 

o que é suporte? ele é realmente necessário?

O suporte é necessário para manter o frasco de dieta suspenso acima da cabeça do paciente e facilitar o gotejamento da dieta. 

Existem suportes próprios para este fim, mas também pode-se colocar um gancho preso à parede ou a um móvel. O importante é deixar o frasco de dieta bem firme e posicionado acima da cabeça do paciente.  

qual a diferença entre dieta industrializada e caseira?

A dieta industrializada é feita especialmente para ser utilizada por sondas e, conforme recomendação do profissional de saúde, contém, de forma balanceada, todos os nutrientes que o paciente necessita.  

A dieta caseira é feita com alimentos convencionais (hortaliças, carnes, frutas), batidos no liquidificador e peneirados na tentativa de deixar a dieta mais líquida e sem grumos. Como não é possível garantir a composição dos ingredientes utilizados nesta dieta caseira, também não será possível garantir a presença de todos os nutrientes necessários ao paciente (vitaminas, minerais, proteínas, etc.). 

Além disso, a dieta caseira pode ficar muito viscosa, entupindo a sonda do paciente. Pode, ainda, aumentar o perigo de contaminação, levando a maior risco de infecção e piora do quadro clínico.

LEIA MAIS