3 técnicas para tornar a sua casa mais organizada e aconchegante

por Equipe Danone Nutricia 04 de fevereiro de 2021 5 minutes

Técnicas como Marie Kondo e Feng Shui ajudam a manter o lar organizado, principalmente quando a casa também é o local de trabalho

Nosso lar é um espaço de descanso, descontração e, muitas vezes, de trabalho. Para quem faz home office, os mesmos ambientes nos quais a família faz suas refeições, as crianças brincam ou os adultos dormem podem ser convertidos em escritório.

Mas para que a casa funcione tanto como um oásis de descanso quanto de produtividade, é preciso organização. Uma casa aconchegante, bem organizada e que tem a nossa cara contribui muito para a qualidade de vida.

Durante a pandemia de COVID-19, manter os espaços em ordem é ainda mais importante, já que o isolamento social nos obrigou a transferir a maioria de nossas atividades cotidianas para dentro de casa – inclusive as atividades físicas. Com o fechamento das academias e salas de esporte, a única solução possível para manter a forma é caminhar em espaços ao ar livre ou arrastar os móveis da sala e praticar ali mesmo. 

Algumas técnicas são úteis na hora de organizar a casa e mantê-la em ordem, o que não é tarefa fácil. Veja os três métodos abaixo e escolha aquele que melhor pode te dar uma mão na hora de manter o conforto do seu lar:

técnica marie kondo

A japonesa Marie Kondo é obcecada por arrumação desde a infância. Em 2011, quando o livro “A Mágica da Arrumação” chegou às livrarias, seu método de organização baseado no desapego e no respeito por bens materiais se tornou um sucesso e virou até documentário no Netflix, “Ordem na Casa com Marie Kondo”.

Marie Kondo promete que se você organizar a casa seguindo o seu método uma única vez, não será preciso fazer isso de novo. Uma única faxina bem feita, acompanhada por atitudes simples no futuro, é suficiente para manter as coisas no mesmo lugar. 

O primeiro passo da arrumação mágica é dividir os itens por categorias, como roupas, livros, cosméticos, louça e papelada, e doar sem dó tudo o que não serve mais. Em seguida, guarde os objetos restantes de cada tipo no mesmo lugar. 

No futuro, quando precisar de uma escova de cabelos, por exemplo, use-a e depois coloque onde estava. Kondo ensina, ainda, a deixar tudo visível para fazer melhor proveito do que temos, identificar o que deve ser descartado e manter tudo organizado.

Segundo Kondo, os principais benefícios do seu método são tanto a organização constante da casa, quanto a sensação de alívio ao se livrar do acúmulo de pertences. 

Segundo um estudo de 2010 feito pela Universidade do Sul da Califórnia, mulheres que descrevem suas casas como “desordenadas” ou “projetos inacabados” são mais propensas a ficar deprimidas e cansadas do que as que descrevem seus lares como “sossegados” ou “restauradores”. Os pesquisadores também descobriram que a casa bagunçada aumenta os níveis de cortisol, relacionado ao estresse. 

Para quem trabalha em casa, a técnica Marie Kondo pode ser eficiente, quando bem executada, para manter os espaços sempre em ordem e evitar gastar tanto tempo com arrumação. Que tal experimentar?

feng shui

O Feng Shui é uma técnica chinesa que pode ser traduzida como “vento” (feng) e “água” (shui). O conceito deriva de um antigo poema que fala sobre como a vida humana está conectada e fluindo com o ambiente ao seu redor. 

Assim, o Feng Shui consiste em organizar os móveis e outros objetos de forma a criar equilíbrio com o mundo natural, para aproveitar a energia do ambiente e criar harmonia. A técnica é complexa e contém diversos elementos. Por isso, muitas pessoas preferem contratar um especialista, como designer de interiores, para aplicá-lo.

No entanto, você pode adotar algumas atitudes simples sem a ajuda de um especialista. Comece pelo ambiente de entrada, seja um hall, uma sala de estar ou até mesmo a cozinha. Preferencialmente, ele deve ser bem iluminado, organizado e limpo. Plantas e espelhos são bem-vindos para convidar a boa energia a entrar no lar.

Nos ambientes da casa onde passa mais tempo, como sala, quarto e escritório, identifique a posição de comando, ou seja, o ponto que está mais longe da porta e não em linha direta com ela (em diagonal em relação à porta), oferecendo uma visão ampla do cômodo. Tal posição é onde você deve passar a maior parte do tempo quando estiver naquele ambiente, como uma poltrona ou escrivaninha. 

A cama não deve ser o local onde você passa a maior parte do seu dia, mas é importante que esteja no local adequado, isto é, com a cabeceira encostada na parede, mas não na janela, e sem fazer divisa com o banheiro. 

Nos corredores, prefira cores claras e boa iluminação, para ajudar a energia a circular pela casa inteira. Já os quartos devem ser bastante aconchegantes, com almofadas e decorações que tenham a sua personalidade, e não devem ser local de trabalho. Se possível, prefira trabalhar em outro cômodo designado para isso ou na sala.

os quatro espaços

Cada um tem suas próprias preferências quando se trata de por onde começar a organizar a casa. Mas segundo o site americano de decoração The Spruce, a melhor forma de fazer isso é dividir a organização em quatro “áreas de armazenamento”:

1 - Espaços de armazenamento

A primeira etapa é garantir que seus espaços de armazenamento estejam limpos e sem bagunça, para que possam acomodar outros itens. Por exemplo, antes de comprar novas peças de roupa ou fazer supermercado, o armário ou a geladeira devem estar preparados para receber as compras. Invista em sistemas organizacionais, como caixas e organizadores de tecido, para que tudo fique à mão. 

2 - Espaços compartilhados

Cozinha, sala de estar e banheiro são as áreas de maior tráfego da casa. Dentro delas, reforce a organização. Se você tem filhos, por exemplo, escolha um cantinho para colocar os brinquedos. Se trabalha na sala, designe uma área para colocar seu material. Criar um sistema para onde cada objeto deve ficar ajuda a manter a área mais sistematizada ao longo do dia.

3 - Espaços pessoais

Incluem quartos, armários e escritórios privados. Eles podem exigir um esforço extra, já que costumam conter muitos itens. Ao organizá-los, pode ser necessário tomar decisões constantes sobre o que doar e o que jogar fora. Além disso, configure-os de acordo com o seu estilo de vida e preferências. Certas pessoas preferem organizar as roupas por cor, enquanto outras não. Tome suas próprias decisões. 

 

4 - Espaços pequenos

Os espaços pequenos, como lavanderia, armários no corredor e quarto de hóspedes devem ser organizados por últimos. Afinal, por mais bagunçados que estejam, você provavelmente consegue conviver com um pouco de desorganização se não está no seu caminho todos os dias. De toda forma, organize-os de acordo com a prioridade dos itens em seu interior, como toalhas de banho, roupas de cama, e louça usada apenas em ocasiões especiais.

O que achou das dicas?

 

Referências: 

Marie Kondo - About.  Disponível em:

https://konmari.com/pages/about

Saxbe DE, Rapetti R. No Place Like Home: Home Tours Correlate With Daily Patterns of Mood and Cortisol. Personality and Social Psychology Bulletin.  2010 36: 71. 23 Nov 2009. Disponível em:

https://pdfs.semanticscholar.org/e64e/d95bd4915c96e7f915b30ae668ef023c33f1.pdf?_ga=2.188366120.1697949184.1548088879-558637388.1548088879

The Spruce. Where to start when organizing your home. Disponível em:

https://www.thespruce.com/how-to-start-organizing-your-home-2648114

The Spruce. The basic principles of feng shui. Disponível em:

https://www.thespruce.com/what-is-feng-shui-1275060

House Beautiful. Everything you need to know about feng shui. Disponível em:

https://www.housebeautiful.com/design-inspiration/a32984796/what-is-feng-shui/

Casa Vogue. Feng Shui: o que é e principais dicas para harmonizar a sua casa. Disponível em:

https://casavogue.globo.com/Interiores/Ambientes/noticia/2019/02/feng-shui-o-que-e-e-principais-dicas-para-harmonizar-energia-da-sua-casa.html

LEIA MAIS