Câncer de próstata deve ser diagnosticado cedo para mais chances de cura

por Equipe Danone Nutricia 5 de janeiro de 2021 5 minutes

O câncer de próstata, uma condição masculina, é mais comum entre adultos acima dos 65 anos

O câncer de próstata é o segundo mais frequente entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. O tumor maligno fica localizado na pequena glândula em forma de maçã localizada entre a bexiga e a pélvis, responsável pela produção do fluido seminal que nutre e transporta os espermatozoides.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de próstata é considerado uma doença da terceira idade, já que 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. Porém, homens acima de 50 anos devem fazer o exame de próstata todos os anos para detectar precocemente a condição.

O câncer de próstata é uma doença tão séria e prevalente que, durante o mês de novembro, a campanha Novembro Azul reforça a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. O Inca estima que cerca de 68 mil novos casos surgiram no Brasil apenas em 2019.

câncer de próstata, uma doença silenciosa

O câncer de próstata costuma crescer lentamente e, em um primeiro momento, fica confinado à glândula da próstata, onde geralmente não causa danos graves. Porém, enquanto alguns tipos crescem lentamente e exigem pouco ou nenhum tratamento, outros tipos são agressivos e podem se espalhar rapidamente para outros locais do corpo.

Por isso, a detecção precoce do câncer é uma estratégia para encontrar o tumor em fase inicial e, assim, possibilitar maiores chances de tratamento. No entanto, os primeiros sintomas só costumam aparecer quando a próstata está grande o suficiente para afetar o tubo que transporta a urina da bexiga para a uretra.

Os principais sintomas são:

● Necessidade de urinar com frequência

● Esforçar-se para urina

● Diminuição do jato de urina

● Sensação de que a bexiga não foi totalmente esvaziada

● Presença de sangue na urina

● Disfunção erétil

● Desconforto na região pélvica ou dor

como diagnosticar o câncer de próstata

Dois principais exames são utilizados para detectar o câncer de próstata. O primeiro é a dosagem de PSA: exame de sangue que avalia a quantidade de um antígeno específico (molécula produzida pela próstata). Quando há presença de câncer, os valores geralmente ficam alterados.

Além disso, o toque retal é fundamental para identificar o câncer de próstata. O médico apalpa a próstata para perceber se há nódulos (caroços) ou tecidos endurecidos, típicos do estágio inicial da doença. O toque é feito com o dedo protegido por uma luva lubrificada. Muitos homens apresentam resistência para realizá-lo por acharem incômodo ou sentirem vergonha. Porém, é rápido e indolor.

Ainda assim, nenhum dos dois exames é totalmente preciso. A biópsia é o único exame capaz de confirmar o câncer. Para isso, é preciso retirar uma amostra de tecido da glândula para análise. O médico também pode solicitar outros exames, como tomografia e ressonância magnética.

Além dos mais velhos, homens com histórico de câncer de próstata na família, assim como os obesos, têm mais chances de apresentar a condição. O médico pode solicitar exames mais regulares ou antes dos 50 anos nesses casos.

COMO tratar O CÂNCER DE PRÓSTATA

Quando o tumor está localizado apenas na próstata, pode ser tratado com cirurgia, radioterapia ou com observação vigilante, ou seja, apenas acompanhar a evolução da doença.

Quando a doença está em estágio avançado, radioterapia e cirurgia em combinação com tratamento hormonal podem ser indicados. O tratamento hormonal suprime a produção de andrógenos (testosterona e dihidrotestosterona - DHT), que estimula as células da próstata a crescer. Muitas vezes, ele faz com que o tumor diminua de tamanho ou cresça mais lentamente.

A adoção de hábitos saudáveis também podem ajudar a prevenir o câncer de próstata, como alimentação saudável, prática de atividades físicas e não fumar. Os principais fatores de prevenção, no entanto, são não deixar de ir no médico e não sentir medo do exame de toque.

 

Referências:

Mayo Clinic. Prostate Cancer.

National Health Center. Prostate Cancer.

Instituto Nacional de Câncer. Câncer de próstata.

Ministério da Saúde. Câncer de próstata.

Ministério da Saúde. Câncer de próstata.

LEIA MAIS