Colesterol alto: quais os riscos à saúde e como prevenir

por Equipe Danone Nutricia 16 de dezembro de 2020 5 minutes

O LDL é o colesterol considerado “ruim”, que pode estar associado a ataques cardíacos e derrames

O colesterol alto é temido em resultados de exames de sangue. Porém, o colesterol também desempenha funções importantes para o organismo, como a produção de hormônios, estruturação das paredes das células e do sistema nervoso central.

Grande parte do colesterol bom, necessário ao corpo, é produzido pelo fígado. O resto é obtido por meio da alimentação, em carnes, aves e laticínios com muita gordura. Os alimentos ricos em colesterol também costumam conter gorduras saturadas e trans, que incentivam o fígado a produzir mais colesterol do que o normal. Para algumas pessoas, essa produção adicional significa que o níveis podem ficar mais altos do que o recomendado, trazendo riscos para a saúde.

colesterol "bom" e colesterol "ruim"

O colesterol circula na corrente sanguínea e, à medida que as quantidades aumentam, os riscos para a saúde também crescem.

Para que o colesterol consiga circular no sangue, duas lipoproteínas transportadoras os auxiliam. Elas podem ser de diferentes tipos, principalmente LDL e HDL. O HDL é o “colesterol bom”, que retira o excesso de colesterol da circulação e leva para o fígado, que se encarrega de eliminá-lo. Já o LDL é o “colesterol ruim”, pois transporta o colesterol para os tecidos e facilita o seu acúmulo nas paredes internas das artérias que alimentam o coração e cérebro.

O colesterol pode se juntar a outras substâncias para formar um depósito espesso e duro no interior das artérias, que podem ficar mais estreitas e menos flexíveis -- uma condição conhecida como aterosclerose. Se um coágulo de sangue se formar e bloquear uma dessas artérias estreitadas, pode ocorrer um ataque cardíaco ou um derrame.

Verificar, alterar e controlar o colesterol

Os níveis de colesterol devem ser checados com regularidade, de acordo com a recomendação médica. Eles podem ser verificados por meio de exames de sangue de rotina, que indicam tanto os níveis do colesterol bom quanto do colesterol ruim.

Se os níveis de colesterol estiverem acima do ideal, o profissional de saúde pode recomendar mudanças na dieta e no estilo de vida. Uma vez reduzido o colesterol, chega a hora de fazer o controle: manter os hábitos saudáveis e continuar a fazer exames regulares para verificá-los.

fatores de risco e como prevenir o colesterol alto

O colesterol alto é causado sobretudo pelo consumo de alimentos gordurosos. Além disso, não praticar exercícios físicos com regularidades, estar acima do peso, fumar e consumir álcool são fatores de risco. 

A condição também costuma ser genética. Assim, se seus pais ou avós têm colesterol alto, a atenção precisa ser redobrada.

O colesterol não causa sintomas e, portanto, é uma doença silenciosa. Por isso, tanto o controle quanto a prevenção são muito importantes. Primeiro, é importante evitar o consumo excessivo de gordura saturada e trans. 

Também é recomendado adotar uma alimentação saudável e balanceada, rica em alimentos naturais, como vegetais, legumes, frutas, grãos, castanhas e alimentos integrais. Peixes oleosos, como o salmão, assim como arroz integral e nozes são uma boa pedida. Montar refeições bastante frescas e coloridas não tem erro. Além disso (e muito importante!): pratique exercícios físicos com regularidade. 

Em alguns casos, o uso de medicamentos pode ser adotado para controlar os níveis de colesterol. O profissional de saúde irá indicar de acordo com a gravidade da situação e as necessidades de cada paciente.

 

Referências:

Ministério da Saúde. Colesterol alto: saiba o que é e como combater?

Ministério da Saúde. Colesterol: o consumo em excesso é o que faz mal à saúde.

Ministério da Saúde. Dia Nacional de Combate ao Colesterol.

Ministério da Saúde. Saiba como controlar o colesterol por meio da alimentação.

American Heart Association. What is cholesterol?

National Health Service. How to lower your cholesterol.

Mayo Clinic. High cholesterol.

LEIA MAIS