Como escolher uma atividade física e persistir nela

Como escolher uma atividade física e persistir nela

por Equipe Danone Nutricia 22 de novembro de 2021 5 minutes

Prestar atenção ao seu relógio biológico e estabelecer metas realistas são formas de persistir na prática de exercícios físicos

Todo mundo enfrenta obstáculos para praticar exercícios físicos, como uma agenda lotada ou a simples falta de motivação. Por outro lado, não faltam motivos para manter uma rotina ativa, a começar pelos impactos na saúde física, mental e longevidade.

Então, se você decidiu deixar de ser sedentário, este é o primeiro passo para uma vida mais saudável. Em seguida, é preciso escolher os exercícios físicos que vai praticar e, mais importante, persistir neles.

Para quem não tem o costume de se exercitar, pode ser difícil escolher quais exercícios praticar -- e esse é um dos motivos para adiar o início da rotina de treinos. Veja algumas dicas que podem ajudar:

 

Como escolher um exercício físico

Existem muitos motivos para praticar exercícios físicos, como perder peso, ganhar massa magra, aprimorar a saúde cardiovascular, melhorar o condicionamento físico, melhorar o humor, se sentir mais disposto ou investir em uma melhor saúde global.

Defina quais são os seus objetivos e escolha os exercícios físicos que estão de acordo com eles. Consulte um profissional de educação física para receber a orientação adequada sobre como fazer essa escolha.

Em segundo lugar, ninguém tem paciência para fazer algo que não gosta por um longo período. Por isso, prefira atividades que te deixem mais motivado. Algumas pessoas ficam mais animadas quando praticam atividades aeróbicas, enquanto outras têm dificuldades de fazer tais exercícios e gostam mais de "puxar ferro". Outras só se motivam quando praticam esportes ou participam de atividades de grupo. Alinhar os seus objetivos com as suas vontades irá te ajudar a encontrar a atividade física perfeita para você e a persistir nela.

 

Como persistir em uma atividade física

Veja algumas dicas para não desistir de se exercitar:

 

1 - Preste atenção ao seu relógio biológico

Algumas pessoas estão mais dispostas de manhã, enquanto outras têm mais energia no final da tarde. Organize a sua rotina de treinos de acordo com o ritmo biológico do seu corpo, pois assim você terá maior disposição para se exercitar e as chances de desistir serão menores.

 

2 - Identifique os horários livres na sua agenda

A falta de tempo é uma das grandes desculpas para deixar de se exercitar. Assim, identifique nas suas agendas os horários livres e nos quais está mais disposto. Pode ser preciso fazer várias tentativas, com horários diferentes, até identificar aquele que faz mais sentido na sua rotina.

 

3 - Escolhe atividades físicas perto de casa

Esta dica parece simples, mas na verdade é muito eficiente. Se você precisar pegar um ônibus ou andar quilômetros para chegar até o local da prática, as chances de desistir serão maiores. Escolha locais acessíveis, de preferência perto de casa ou do trabalho, para evitar a preguiça de encarar o deslocamento.

 

4 - Estabeleça metas realistas

As metas são partes importantes da motivação para praticar esportes. Se forem fáceis demais, você pode sentir tédio rapidamente. Se forem muito difíceis, pode sentir que estão fora de alcance e acabar desistindo.

Para estabelecer metas realistas, estabeleça um ponto de partida que apresente um pouco de desafio e que permita uma evolução gradual. Se você corre 15 minutos todos os dias, por exemplo, vá aumentando o tempo aos poucos e adicionando novos desafios, como correr em ladeiras e intercalar corridas longas de resistência com outras curtas e intensas.

 

5 - Cuidado com a autossabotagem

Pensar que você irá treinar “quando tiver tempo extra”, “quando o tempo estiver bom” ou “quando se sentir disposto” quase nunca funciona. A prática de exercícios exige planejamento e comprometimento. Planeje com antecedência e encare o treino como um compromisso firmado na sua agenda.

Tome cuidado com a autossabotagem, mas também não tente ser perfeito. Esteja comprometido, mas não se esqueça de fazer do exercício uma atividade prazerosa que, aos poucos, se tornará parte indispensável da sua rotina. Você terá dias melhores, quando todas as suas metas serão alcançadas com êxito, e outros de menor desempenho. Mas continue e persevere, dia após dia.

 

Referências:

Centers for Disease Control and Prevention. Overcoming Barriers to Physical Activity. Disponível em:

https://www.cdc.gov/physicalactivity/basics/adding-pa/barriers.html

National Health Service. Choosing activities. Disponível em:

https://www.nhsinform.scot/healthy-living/keeping-active/getting-started/choosing-activities

American Council on Exercise. Does the typo of physical activity I choose matter? Disponível em:

https://www.acefitness.org/education-and-resources/lifestyle/blog/710/does-the-type-of-physical-activity-i-choose-matter/

LEIA MAIS