Derrame silencioso: como ocorre o AVC quase sem sintomas

por Equipe Danone Nutricia 19 de abril de 2021 5 minutes

o derrame silencioso frequentemente passa despercebido e só é identificado por meio de exames do cérebro

Alguns derrames podem ocorrer sem que a pessoa perceba. Silenciosos, não apresentam sintomas fáceis de reconhecer, mas podem causar danos permanentes no cérebro.

O derrame, também chamado de acidente vascular cerebral (AVC), é causado pela obstrução de uma artéria, impedindo a passagem de oxigênio para as células cerebrais, ou pelo rompimento de um vaso cerebral, provocando hemorragia. 

Um episódio de derrame pode ser dramático, provocando sintomas como incapacidade de falar, caminhar, mover-se ou de lembrar de coisas simples. Esses sinais ocorrem em decorrência de áreas danificadas no cérebro.

Em derrames silenciosos, essas áreas danificadas são geralmente menores e impactam áreas menos funcionais do cérebro. Por isso, costumam provocar menos sintomas.

como identificar um derrame silencioso

É muito difícil identificar um derrame silencioso enquanto está ocorrendo. Geralmente, ele só é identificado ao fazer um exame, como tomografia ou ressonância magnética, que aponte danos no cérebro. 

Por outro lado, o médico pode identificar o derrame por meio de sintomas leves, como pequenos problemas de memória ou um pouco de dificuldade para se locomover. Ficar atento a esses sinais, ou seja, alterações nas funções normais do corpo, é importante para procurar o serviço de saúde e investigar as causas.

boas e más notícias sobre derrames silenciosos

Os derrames silenciosos costumam trazer menos danos do que os tradicionais, que podem trazer prejuízos maiores à funcionalidade do corpo ou até serem fatais. Isso não significa, porém, que o AVC silencioso não possa deixar sequelas. 

Um derrame silencioso pode interromper o fluxo de informações no cérebro e provocar problemas de memória, por exemplo. Além disso, um cenário comum é a ocorrência de vários derrames ao longo do tempo, que vão prejudicando a cognição aos poucos.

A ocorrência do derrame silencioso também pode indicar que a sua saúde não vai muito bem ou que você tem predisposição para problemas cardiovasculares. Essa predisposição pode estar relacionada a fatores genéticos ou ao seu estilo de vida. Assim, o médico poderá solicitar a realização de um check up, tratamentos necessários e mudanças de hábitos.

como prevenir derrames

A adoção dos bons hábitos é uma das estratégias para evitar um derrame, seja ele silencioso ou não. As recomendações do Ministério da Saúde são:

  • Não fumar;

  • Não consumir álcool;

  • Não fazer uso de drogas ilícitas;

  • Manter alimentação saudável;

  • Manter o peso ideal;

  • Beber bastante água;

  • Praticar atividades físicas regularmente;

O médico, ao avaliar a saúde por meio de exames de rotina, também pode recomendar outras estratégias para combater derrames. Adote bons hábitos e não deixe de consultar um profissional de saúde se notar qualquer diferença.

 

 

Referências:

Ministério da Saúde. AVC: o que é, causas, sintomas, tratamentos, diagnóstico e prevenção.

Hospital do Coração. Saiba como identificar sinais de alerta do AVC.

Centers for Disease Control and Prevention. Stroke Signs and Symptoms.

Harvard Health Publishing - Harvard Medical School. Could a silent stroke erode your memory?

Web Medical Team. Silent Stroke: What You Need to Know. 

LEIA MAIS