Dificuldades para sorrir e abraçar: saiba como reconhecer os sinais de AVC

por Equipe Danone Nutricia 28 de agosto de 2020 5 minutes

Fraqueza, fala confusa e alterações no equilíbrio são alguns dos sinais de acidente vascular cerebral

Saber reconhecer os sintomas de AVC pode evitar sequelas graves ou até mesmo salvar a sua vida. O Acidente Vascular Cerebral ocorre quando os vasos que levam sangue ao cérebro entopem ou rompem, provocando uma paralisia cerebral na região afetada pela paralisação da circulação sanguínea.

Quando um vaso cerebral rompe, provocando hemorragia, o AVC é chamado de “hemorrágico”. De acordo com o Ministério da Saúde, essa situação ocorre em apenas 15% dos casos, mas pode causar morte com mais frequência do que o AVC isquêmico. Neste último, há a obstrução de uma artéria, impedindo a passagem de oxigênio para as células cerebrais, que acabam morrendo.

os principais sintomas de avc

Os principais sintomas de AVC

Veja abaixo quais são os principais sintomas de AVC de acordo com o Ministério da Saúde e o Centers for Disease Control and Prevention, nos Estados Unidos:

● Fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna – especialmente em apenas um lado do corpo

● Confusão mental

● Dificuldades para falar e para se fazer entender

● Alterações na visão (em um olho ou em ambos)

● Alteração do equilíbrio, coordenação, tontura ou no andar

● Dor de cabeça súbita e intensa, sem causa aparente

como reconhecer um avc

Além de ficar atento aos principais sintomas, você pode fazer algumas tentativas de movimentos e comportamentos para reconhecer um AVC. Segundo o Hospital do Coração (HCor), você pode:

Tentar dar um sorriso: Verifique se apenas um dos cantos da boca se movimenta ou se a boca está torta

Tentar elevar os braços ou abraçar alguém: Veja se você consegue fazer os movimentos normalmente ou se os membros estão mais fracos

Dizer uma frase simples: Veja se você está com dificuldades para falar.

Se você estiver na companhia de alguém, peça para que ela te ajude a identificar os sinais. Procure atendimento médico imediatamente se notar ao menos um deles.

Mas atenção: não dirija até o hospital. Deixe que outra pessoa dirija, chame um táxi ou, preferencialmente, uma ambulância, para que o atendimento comece o quanto antes.

Você deverá ser encaminhado a um Centro de Atendimento de Urgência, que irá tomar as primeiras medidas para evitar consequências mais sérias. Os profissionais de saúde irão checar seus sinais vitais, como pressão arterial, temperatura e glicemia, além de administrar oxigênio, colocar um acesso venoso no braço não paralisado e avaliar os sintomas.

Depois, dependendo das sequelas, o paciente poderá passar por um processo de reabilitação com fisioterapeutas ou fonoaudiólogos, por exemplo.

COMO prevenir UM AVC?

A adoção dos bons hábitos é a melhor estratégia para evitar um AVC. O Ministério da Saúde recomenda a:

● Não fumar;

● Não consumir álcool;

● Não fazer uso de drogas ilícitas;

● Manter alimentação saudável;

● Manter o peso ideal;

● Beber bastante água;

● Praticar atividades físicas regularmente;

● Manter a pressão sob controle;

● Manter a glicose sob controle.

No entanto, há muitos fatores de risco que contribuem para o aparecimento de um AVC, como idade e genética. O acompanhamento médico, principalmente ao longo do envelhecimento, é ideal para identificar esses fatores e tomar as medidas de prevenção adequadas. Preste atenção ao seu corpo e cuide bem dele!

 

Referências:

Ministério da Saúde. AVC: o que é, causas, sintomas, tratamentos, diagnóstico e prevenção.

Hospital do Coração. Saiba como identificar sinais de alerta do AVC.

Centers for Disease Control and Prevention. Stroke Signs and Symptoms.

LEIA MAIS