Exercício Físico

Por que os exercícios físicos são importantes para a saúde cardiovascular

por Equipe Danone Nutricia 22 de novembro de 2021 5 minutos

Manter uma rotina ativa e praticar exercícios físicos é fundamental para a melhor saúde do coração e, portanto, melhor saúde global e longevidade

Não importa se estamos na flor da idade ou na oitava década de vida. Uma coisa é certa: existe uma rotina de exercícios pronta para as nossas necessidades. Quanto mais ativo a gente for, maiores serão as chances de prevenir doenças cardíacas e de viver mais.

Não faltam evidências médicas e científicas quando o assunto é saúde cardiovascular e longevidade. Pessoas ativas e que praticam exercícios físicos com regularidade tendem a desenvolver menos doenças do coração do que os sedentários. 

Ser fisicamente ativo é uma das ferramentas mais eficazes para fortalecer o músculo cardíaco, manter o peso sob controle e evitar danos às artérias devido ao colesterol alto, açúcar e pressão alta. Essas condições de saúde são fatores de risco para ataques cardíacos ou derrames.

 

Por que as atividades físicas fazem bem para o coração?

Durante a prática de exercícios físicos, o coração bate mais rápido para que o sangue flua para o corpo todo. Junto dos pulmões, trabalha mais para fornecer o oxigênio adicional que os músculos necessitam para trabalhar. Esse trabalho extra exigido desses órgãos funciona quase como um treino, que os fortalece e os torna mais saudáveis. 

Por isso, os exercícios físicos, especialmente as atividades aeróbicas de alta intensidade, podem ajudar a reduzir os riscos de doenças cardiovasculares, como infarto, aneurisma e pressão alta.

Os treinos intensos em especial elevam a frequência cardíaca mais rápido. Quando estamos em excelente forma física, todos os músculos trabalham com mais intensidade, incluindo o coração. Portanto, num círculo virtuoso, o coração fica cada vez mais fit conforme nos exercitamos mais. 

 

Quais atividades fazem bem para o coração? 

Todo exercício faz muito bem para o coração! Mesmo uma rotina ativa, como caminhar com frequência, subir escadas e limpar a casa já ajuda. Um pouco de atividade física é melhor do que nada, mas o essencial é ter uma rotina.

A Organização Mundial da Saúde atualizou no final do ano passado as suas recomendações de atividades físicas. Antes, a OMS aconselhava 150 minutos de atividades leves e moderadas por semana, e 75 minutos no caso das intensas. Agora, são 300 e 150 minutos de exercícios semanais, respectivamente. Uma das razões para esse aumento é justamente a preocupação com a saúde do coração. 

Pedalar em velocidades mais altas, correr, dançar, praticar boxe ou esportes como vôlei e basquete são exemplos de exercícios físicos intensos e vigorosos, que ajudam a fortalecer o coração. 

Os treinos aeróbicos em geral são os mais eficientes para a saúde cardíaca. Durante essas práticas, você respira mais rápido e profundamente, o que maximiza a quantidade de oxigênio no sangue. Seu coração bate mais rápido, o que aumenta o fluxo sanguíneo para os músculos e de volta para os pulmões. Seu corpo também vai liberar endorfinas, hormônios naturais que nos deixam mais alegres e promovem sensação de bem-estar! Saímos ganhando, não é mesmo?

Bom, então como podemos dar o primeiro passo para nos tornarmos mais ativos? Primeiro, dê uma boa olhada em seu nível atual de atividade física. Perceba quantas horas por dia passa sentado, quantas vezes por semana pratica exercícios, quanto movimento existe na sua rotina e assim por diante. Daí, converse com o profissional da saúde que o acompanha para maiores orientações, e juntos, vejam como você pode inserir um pouco de atividade no seu dia a dia, como subir escadas, lavar o carro, cuidar do jardim ou fazer mais coisas a pé.

Mas você também precisa praticar esportes. Crie uma rotina estruturada. Experimente diferentes atividades e escolha a que mais gosta e que caiba na sua rotina. Comece com objetivos mais simples e, aos poucos, mire nos mais ambiciosos. 

Um estilo de vida sedentário é um dos cinco principais fatores de risco para doenças cardiovasculares, junto com pressão alta, lipídios no sangue em valores muito altos e obesidade -- fatores que também podem ser controlados com a prática de exercícios físicos. Mantenha uma rotina ativa para viver melhor e por mais tempo!

 

Referências:

American Heart Association. Exercise and Cardiovascular Health. Disponível em: 
https://www.ahajournals.org/doi/full/10.1161/01.CIR.0000048890.59383.8D

American Heart Association. American Heart Association Recommendations for Physical Activity in Adults and Kids. Disponível em: https://www.heart.org/en/healthy-living/fitness/fitness-basics/aha-recs-for-physical-activity-in-adults

Vigorito C, Giallauria F. Effects of exercise on cardiovascular performance in the elderly. Front Physiol. 2014;5:51. Published 2014 Feb 20. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3929838/

Harvard Health Publishing. The best heart healthy workouts for your 60s 70s and 80s. Disponível em: 
https://www.health.harvard.edu/heart-health/the-best-heart-healthy-workouts-for-your-60s-70s-and-80s

Tian D, Meng J. Exercise for Prevention and Relief of Cardiovascular Disease: Prognoses, Mechanisms, and Approaches. Oxid Med Cell Longev. 2019;2019:3756750. Published 2019 Apr 9. Disponível em: 
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6481017/

LEIA MAIS