Doença silenciosa

Fibromialgia, a doença silenciosa e de difícil diagnóstico

por Equipe Danone Nutricia 22 de novembro de 2021 5 minutos

A fibromialgia não tem cura, mas pode ser tratada com o uso de medicamentos para os sintomas e adoção de bons hábitos, especialmente a prática de exercícios

A fibromialgia é uma doença de difícil diagnóstico caracterizada por dor muscular generalizada e crônica, mas que não apresenta evidências de inflamação. Por isso, em muitos casos, a condição é caracterizada como apenas psicológica ou até mesmo como “algo da sua cabeça”. Mas não é.

Vamos entender mais sobre essa condição tão complexa?

 

O que é fibromialgia?

A fibromialgia pode ser difícil de entender, mas não restam dúvidas quanto ao seu título de doença. A doença é rara, afetando cerca de 3% da população no Brasil. De acordo com publicação da Revista Brasileira de Reumatologia, pode ser definida como uma síndrome dolorosa crônica, não inflamatória, que se manifesta no sistema músculo-esquelético, podendo apresentar sintomas em outros aparelhos e sistemas. 

Os principais sintomas são:

  • Dor persistente e sensibilidade que se espalham pelo corpo todo, principalmente pelo crânio, tórax e coluna vertebral;
  • Rigidez corporal;
  • Cansaço;
  • Dificuldades cognitivas;
  • Ansiedade e/ou depressão;
  • Distúrbios do sono;
  • Comprometimento das atividades diárias.

As causas da fibromialgia não são conhecidas pelos profissionais de saúde. Sabe-se apenas que se trata de um distúrbio de dor e sensibilidades crônicas e generalizadas, apresentadas por mulheres jovens ou de meia-idade em cerca de 80% dos casos. 

 

Como diagnosticar a fibromialgia

Além dos sintomas crônicos e dolorosos, a pessoa com fibromialgia enfrenta o grande desafio do diagnóstico. Não existe um teste de saúde, como exame de imagem ou de sangue, que aponte a presença ou ausência da doença.

A fibromialgia é diagnosticada pelos sintomas relatados e pelo exame físico, que identifica pontos dolorosos no corpo. Antes de diagnosticá-la, o médico provavelmente irá descartar outras condições, como artrite reumatóide, problemas cardíacos, desordens autoimunes e até mesmo tendinite.

 

Como tratar a fibromialgia

A fibromialgia infelizmente não tem cura e o controle dos sintomas depende do uso de certos medicamentos recomendados pelo médico, mas especialmente de bons hábitos. A prática de exercícios físicos é a principal recomendação médica para o tratamento da condição, de acordo com os sintomas e preferências de cada um. Pode ser natação, caminhada, pilates ou qualquer outra atividade que minimize os sintomas e melhore o humor. 

Práticas de autocuidado, como acupuntura e terapia, também podem ser adotadas e fazem parte do tratamento multidisciplinar.

 

Fibromialgia e transtornos de humor

A ciência descobriu que a fibromialgia e a depressão muitas vezes estão relacionadas. A dor crônica leva à depressão e, como em um círculo vicioso, a depressão leva a mais dores crônicas, segundo o Ministério da Saúde.

Além disso, quem tem fibromialgia costuma ser mais sensível a estímulos que não são dolorosos para outras pessoas, como sensibilidade a temperaturas. As sensações desagradáveis acabam provocando outros sintomas físicos, como dores de cabeça e dormência nos membros, ou emocionais, como dificuldades para dormir e irritação.

Conviver com dores crônicas pode provocar transtornos de humor em cerca de 20% dos casos, como indica a Sociedade Americana de Ansiedade e Depressão. Por isso, quem tem fibromialgia deve receber apoio psicológico, além de adotar os bons hábitos que podem aprimorar a qualidade de vida, entre eles a prática de exercícios, a boa alimentação e o apoio de pessoas queridas.

 

Referências:

Ministério da Saúde. Fibromialgia: os desafios de uma doença invisível. Disponível em: 
http://www.blog.saude.gov.br/index.php/materias-especiais/52386-fibromialgia-os-desafios-de-uma-doenca-invisivel

Rodrigues GF, Brisky IA, Soczek KDL. A relação entre fibromialgia e depressão. Trabalho de Conclusão de Curso - Bacharelado em Psicologia. Faculdade Sant’Anna. 2016. Disponível em: 
https://www.iessa.edu.br/revista/index.php/tcc/article/view/84/31

Anxiety and Depression Association of America. Depression - Treatment. Disponível em: 
https://adaa.org/understanding-anxiety/depression/treatment

Sociedade Brasileira de Reumatologia. Fibromialgia. Disponível em: https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/fibromialgia-e-doencas-articulares-inflamatorias/

 

LEIA MAIS