Manter-se ativo antes de uma cirurgia pode acelerar a recuperação

por Equipe Danone Nutricia 08 de outubro de 2020 5 minutes

Atividades físicas fortalecem os músculos e tornam o corpo mais preparado para enfrentar uma cirurgia

Cirurgias costumam exigir um período de reabilitação que, muitas vezes, inclui fisioterapia e prática de exercícios físicos. Mas, segundo especialistas, estar em forma antes mesmo da operação pode contribuir para o sucesso da recuperação.

Melhores níveis de condicionamento físico antes da cirurgia podem reduzir complicações por um simples motivo: seu corpo estará mais preparado para lidar com o estresse da operação. Além disso, fortalecer os músculos pode acelerar a recuperação e ajudar o paciente a voltar às atividades normais -- principalmente os mais velhos.

manter-se ativo para voltar à ativa

De acordo com um estudo publicado em 2019 pelo sistema de saúde da Universidade da Virgínia, nos Estados Unidos, praticar atividades físicas ajuda a preservar os músculos e nervos, reduzindo os danos causados durante a operação. Como os danos são reduzidos, a recuperação é acelerada.

Outro estudo, publicado em 2015 por pesquisadores da McGill University, no Canadá, afirma que pacientes idosos, desnutridos e com baixo condicionamento físico apresentam recuperação abaixo do ideal após uma cirurgia de câncer. Para melhorar esse quadro, eles sugerem a adoção de uma programa de pré-reabilitação, que envolve prática de exercícios, nutrição adequada e apoio psicológico.

Segundo a pesquisa, apesar dos avanços na tecnologia cirúrgica, anestesia e cuidados operatórios, que tornaram a cirurgia mais segura e acessível, ainda existe um grupo de pacientes que não se recuperam como deveriam. Quase 30% dos indivíduos submetidos a grandes procedimentos abdominais, por exemplo, têm complicações pós-operatórias.

O estudo canadense destaca que, após uma operação, pacientes podem experimentar fadiga física, distúrbios do sono e diminuição da capacidade de concentração por até nove semanas após a alta. Essas complicações estariam correlacionadas com pior estado de saúde, capacidade funcional e menores índices de massa muscular antes da cirurgia.

Idosos, pacientes com câncer e pessoas com poucas reservas de proteínas são mais suscetíveis aos efeitos negativos da cirurgia, principalmente devido às dificuldades alimentares e práticas menos regulares de atividades físicas.

Se você não pratica exercícios, converse com o seu médico sobre atividades regulares que podem ser praticadas de acordo com o seu estado de saúde. Boa alimentação e acompanhamento psicológico também são importantes.

Quanto melhor for a sua saúde global -- inclusive mental -- antes da cirurgias, maiores serão as chances de sucesso.

 

Referências:

Carli, Francesco & Scheede-Bergdahl, Celena. (2015). Prehabilitation to Enhance Perioperative Care. Anesthesiology Clinics. 33. 10.1016/j.anclin.2014.11.002. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/272640596_Prehabilitation_to_Enhance_Perioperative_Care

University of Virginia Health System. "Exercise before surgery can protect both muscle and nerves, study suggests: Exercise expert seeks to prevent damage caused by restoration of blood flow." ScienceDaily. ScienceDaily, 22 January 2019. Disponível em: www.sciencedaily.com/releases/2019/01/190122104517.htm

NHS Fife. Coronavirus (COVID 19).

LEIA MAIS