Porque o câncer favorece a desnutrição

por Equipe Nutrição em Câncer 30 de Março de 2017

REPERCUSSÕES INDESEJÁVEIS DO CÂNCER SOBRE O ESTADO NUTRICIONAL

As enfermidades malignas afetam o estado nutricional de várias formas, que serão abordadas a seguir. Elas abrangem efeitos diretos sobre os órgãos do sistema digestivo digestório (obstrução, sangramento, diarreia, dor), efeitos indiretos inespecíficos (mal-estar, inapetência, debilidade, aversão alimentar) e eventos adversos indiretos mais específicos (diarreia, vômitos), além da competição por nutrientes entre tumor e o paciente.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA DESNUTRIÇÃO NO PACIENTE COM CÂNCER

Há mais de meio século se reconhece que o paciente com câncer que emagrece de forma involuntária (perdedor de peso) apresenta menor perspectivas de se beneficiar contra o câncer, que aquele que mantém ou aumenta seu peso corporal (não perdedor).

A qualidade de vida, a tolerância e a resposta aos tratamentos administrados, e em muitos casos também a sobrevida, estão diretamente subordinadas a um estado nutricional satisfatório. Neste sentido, justifica-se uma preocupação permanente com a adequação nutricional um indivíduo com diagnóstico de câncer.

 

JUSTIFICATIVAS PARA A ATENÇÃO NUTRICIONAL NO CÂNCER

Melhora do estado funcional (capacidade de se locomover, realizar tarefas do cotidiano)
Melhora da força muscular
Combate à caquexia (consumo acelerado dos tecidos do organismo)
Melhor tolerância à cirurgia
Menos interrupções da quimioterapia e radioterapia
Melhora da qualidade de vida
Melhora da sobrevida

 

OPÇÕES DE TRATAMENTO NUTRICIONAL NO CÂNCER

A assistência nutricional no câncer deve se iniciar assim que tal diagnóstico é feito. Uma vez comprovado este diagnóstico, convém investigar e corrigir eventuais deficiências nutricionais como anemia, falta de proteínas (hipoalbuminemia) e carências de vitaminas e minerais.

Uma dieta completa e equilibrada, orientada por um nutricionista, é um elemento central para esta estratégia. Sobretudo, para a prescrição e adequação de nutrientes específicos para a nutrição do paciente

 

ROTAS E VEÍCULOS DE ESTABILIZAÇÃO E REPOSIÇÃO DOS NUTRIENTES

Dieta oral completa e balanceada
Suplementos orais especializados (líquidos ou em pó)
Suplementos vitamínicos e minerais (orais ou injetáveis)
Nutrição enteral (dieta por sonda)
Nutrição parenteral (nutrição por via venosa)
Esquemas mistos (recorrendo a mais de uma alternativa)

Leia mais

Perguntas sobre nossos produtos?

Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!