Proteína: entenda como a suplementação pode ajudar a atender suas necessidades

por Equipe Danone Baby 03 de fevereiro de 2020 5 minutes

diferencial entre produtos costuma ser qualidade e melhor combinação da proteína utilizada

Quem pratica atividade física com regularidade pode utilizar suplementos de proteínas como complemento à dieta para aumentar o ganho de massa muscular. 

Mas, antes de fazer qualquer escolha, é preciso consultar o médico e entender melhor sobre como o ganho de massa muscular funciona. As necessidades protéicas de cada um variam de acordo com fatores como idade e estilo de vida -- incluindo a rotina de exercícios físicos. Entenda:

Os fatores que influenciam a massa muscular

A massa muscular é um produto do "embate" entre a síntese de massa muscular e a quebra de massa muscular. Esse balanço pode ser positivo, e gerar ganho de massa, ou negativo, acarretando a perda de massa. Pode, também, permanecer constante. 

Durante a infância e adolescência, o corpo ganha massa muscular. No entanto, após a estagnação do crescimento, geralmente não há um aumento dela. Além disso, após os 40 anos, ocorre o declínio natural de aproximadamente 0,8% de massa muscular ao ano -- processo chamado de sarcopenia.

Há, ainda, outros fatores que influenciam no ganho e perda de massa muscular. O balanço pode se tornar negativo quando não há consumo de energia e proteína suficientes, ou quando o indivíduo adota treinos físicos de resistência sem a adoção de uma dieta adequada. 

A boa notícia é que a perda de massa muscular consequente de uma dieta inadequada ou do envelhecimento pode ser atenuada por meio do consumo de dietas ricas em proteína. Vamos descobrir como fazer isso?

proteínas pela alimentação e suplementos

Neste texto (linkar “tipos e fontes de proteínas para uma dieta balanceada) nós listamos as melhores fontes de proteínas provenientes da alimentação. Elas podem ser de origem animal, como carnes, peixes, produtos lácteos e ovos, ou de origem vegetal, como tofu, quinoa e grãos.

Há diversos tipos de proteínas, e suas qualidades e funções dependem dos tipos de aminoácidos que as formam, assim como a forma como são digeridas e absorvidas pelo corpo. 

Quando o corpo não está obtendo o nutriente em quantidades suficientes pela dieta, ou quando há uma perda de massa magra significativa, os suplementos podem ser utilizados.

O diferencial dos suplementos costuma ser a qualidade e a melhor combinação da proteína que está sendo utilizada. Há produtos que contam com proteínas isoladas. Elas são rapidamente digeridas e aumentam os níveis de aminoácidos na corrente sanguínea. Isso resulta em uma rápida absorção de nutrientes para estimular a reconstrução dos músculos.

Outro suplemento que vendo sendo bastante estudado é a leucina, um aminoácido de cadeia ramificada que é essencial no estímulo de produção de massa muscular. 

Antes de consumir qualquer suplemento, entre em contato com o seu médico ou nutricionista.

Referências:

1 - Paddon-Jones, Douglas, and Blake B. Rasmussen. "Dietary protein recommendations and the prevention of sarcopenia: Protein, amino acid metabolism and therapy." Current opinion in clinical nutrition and metabolic care 12.1 (2009): 86

2 - Devries, Michaela C., and Stuart M. Phillips. "Supplemental protein in support of muscle mass and health: advantage whey." Journal of food science 80.S1 (2015): A8-A15

3 - Geirsdottir, Olof G., et al. "Dietary protein intake is associated with lean body mass in community-dwelling older adults." Nutrition Research 33.8 (2013): 608-612

4 - Josse, Andrea R., et al. "Increased consumption of dairy foods and protein during diet-and exercise-induced weight loss promotes fat mass loss and lean mass gain in overweight and obese premenopausal women." The Journal of nutrition 141.9 (2011): 1626-1634

5 - FAO/WHO Expert Consultation. 1991. Protein quality evaluation report of the Joint FAO/WHO Expert Consultation held in Bethseda, Md., USA, in 1989. FAO Food and Nutrition Paper 51, Rome

6 - West, Daniel WD, et al. "Rapid aminoacidemia enhances myofibrillar protein synthesis and anabolic intramuscular signaling responses after resistance exercise." The American journal of clinical nutrition 94.3 (2011): 795-803

7 - Anthony, Joshua C., et al. "Signaling pathways involved in translational control of protein synthesis in skeletal muscle by leucine." The Journal of nutrition 131.3 (2001): 856S-860S.

LEIA MAIS