Dicas de alimentação para idosos com dificuldades para mastigar

por Equipe Danone Nutricia 08 de outubro de 2020 5 minutes

As dificuldades para mastigar impactam a qualidade de vida e nutrição do idoso

Conforme envelhecemos, é comum que nossos dentes se enfraqueçam. Se os cuidados com a saúde bucal não forem suficientes, é preciso lidar com dentes e gengivas sensíveis, ou até mesmo com o uso de próteses dentárias.

De acordo com um artigo publicado em 2011 por uma pesquisadora da Universidade Fernando Pessoa, em Portugal, o declínio da saúde bucal com a idade dificulta a mastigação e, por consequência, a alimentação. Idosos com capacidade mastigatória reduzida tendem a comer alimentos mais moles, estando assim mais propensos a consumir açúcares, óleos e gorduras.

Os hábitos alimentares adotados pelos idosos devido aos problemas bucais podem trazer prejuízos nutricionais, como a diminuição no consumo de vitaminas C, A, E, B1, B3 e B9, bem como fibras alimentares, proteínas, cálcio e ferro. A deficiência de tais nutrientes prejudica tanto a saúde bucal, quanto a saúde global do corpo.

Portanto, para evitar esse cenário, é preciso pensar em pratos saudáveis compostos por alimentos macios e de fácil mastigação. Veja algumas dicas e consulte o nutricionista para que ele indique a dieta mais apropriada:

alimentos fáceis de mastigar

Vegetais bem cozidos e macios, como cenoura, batata, verduras com folhas, espinafre e brotos macios, como broto de feijão e brócolis.

● Carnes sem pele e osso, como carne de porco picada, frango desfiado, pequenos pedaços de carne macia, peixe sem espinho;

● Pequenos pedaços de frutas macias, como banana e mamão;

● Feijão e lentilhas bem cozidos e com caldo;

● Ovos, tofu, queijo cottage, ricota ou queijo macio;

● Leite e iogurtes;

● Sopas e purês sem pedaços grandes de carnes ou legumes;

● Suco de frutas integral e não coado para aproveitar as fibras;

● Vitamina de frutas, como banana, melão, mamão e água ou leite;

● Mingau de cereais integrais, como aveia.

Idosos com dificuldades de mastigação podem perder o apetite, o que os coloca em risco de desnutrição. Por isso, invista em refeições visualmente atraentes e saborosas, para estimular o apetite. Use diferentes cores e aromas, investindo temperos bem romáticos.

alimentos a evitar

● Alimentos de textura grossa, seca, dura ou pegajosa, como pão do tipo italiano, nozes e aipo;

● Alimentos pegajosos, como bolinhos de farinha de arroz e paçoca;

● Alimentos que se desfazem facilmente, como alguns tipos de doces;

● Legumes duros e fibrosos, como couve, raiz de lótus, aipo e milho;

● Carnes duras ou com ossos;

● Frutas secas, duras e fibrosas, como frutas secas, maçãs e abacaxi.

Se as dificuldades para mastigar estiverem intensas e houver perda de peso, é preciso consultar o médico.

 

Referências:

Elderly Health Service - Department of Health - The Government of Hong Kong Special Administrative Region. Menu Planning for People with Chewing Difficulties.

Healthy Eating Guidelines For People with Chewing Difficulties. 2012. Link: https://www.healthlinkbc.ca/healthy-eating/chewing-difficulties

Governo do Estado de São Paulo. Manual de Orientação de Cardápios Especiais. 2015.

Lara Margarida Ribeiro Magalhães. Relação entre Saúde Oral e Nutrição em Idosos. Universidade Fernando Pessoa. Porto, 2011.

LEIA MAIS