6 dicas para melhorar a concentração

por Equipe Danone Nutricia 19 de abril de 2021 5 minutes

Alimentar-se bem, praticar exercícios e trabalhar a cognição são atitudes importantes para melhorar a concentração durante o dia

Assim como um computador que fica mais lento com o uso, o cérebro acumula desgastes que afetam as suas funções ao longo dos anos. Por isso, a capacidade de concentração pode diminuir com a idade, bem como a memória e outras habilidades cognitivas. 

Uma série de fatores fisiológicos estão envolvidos nesse processo, como inflamações, lesões dos vasos sanguíneos e o acúmulo de proteínas anormais. O uso de certos medicamentos, o consumo de álcool em excesso e condições como a insônia também podem afetar a concentração.

Nos dias de hoje, o excesso de informações é outro fator que afeta a concentração em qualquer idade. Ao longo do dia, conforme checamos redes sociais, emails e sites de notícias com frequência, nosso cérebro acaba sobrecarregado e é mais fácil ficar distraído.

Algumas estratégias podem ajudar a trabalhar o foco e a concentração. Veja quais são:

como melhorar a concentração

1 - Trabalhe a cognição

Jogos e exercícios de treinamento cognitivo ajudam a aprimorar a atenção, como xadrez, palavras cruzadas, sudoku, quebra-cabeças e jogos de memória. Para que a estratégia tenha efeito, é preciso pegar o hábito e jogar com frequência.

2 - Pratique mindfulness

Mindfulness é um conhecimento milenar com raízes budistas cuja ideia é alcançar um estado mental no qual nossa atenção está focada no presente, por meio de práticas contemplativas com foco em aumentar a qualidade de vida e o autoconhecimento. 

A prática funciona como meditação: em um momento tranquilo do dia, deve-se tirar um tempo para fechar os olhos e relaxar, prestando atenção à respiração e às sensações. A técnica ajuda a tomar consciência do próprio corpo, do ambiente e do momento presente.

3 - Faça uma pausa

Fazer pausas ao longo do dia ajuda descansar um pouco a cabeça para retomar as tarefas com melhor concentração. Portanto, se estiver com dificuldades para prestar atenção ao que está fazendo, experimente esticar as pernas por 10 ou 15 minutos, tomar um copo de suco ou respirar um pouco.

4 - Organize o seu ambiente

Para algumas pessoas, um ambiente organizado e ordenado pode ajudar a clarear a mente e a prestar mais atenção nas tarefas. Se você trabalha ou estuda em casa, reserve um canto da casa para colocar os seus instrumentos, como computador e bloco de notas, e mantenha-o em ordem. No trabalho, também vale manter o seu espaço sempre organizado.

5 - Alimente-se bem

Os alimentos que você consome podem afetar as funções cognitivas, como a memória. Evitar alimentos muito gordurosos, com muito açúcar ou altamente processados é importante. Por outro lado, vale consumir: 

  • Alimentos ricos em ômega 3, como salmão, truta e sardinha;

  • Alimentos ricos no nutriente colina, como frutos do mar, fígado, gema de ovo, soja e brócolis;

  • Ovos;

  • Folhas verdes, como espinafre e couve, ricos em vitamina K e folato;

  • Frutas vermelhas, como amoras e mirtilos;

  • Nozes, excelentes fontes de proteínas e gorduras saudáveis;

  • Água, pois a desidratação também pode afetar a concentração.

    Para manter a concentração pela manhã e ao longo do dia, comece com o pé direito, tomando um bom café da manhã. Isso significa uma refeição com baixo teor de açúcar e rica em proteínas e fibras, contendo frutas, iogurte natural, torradas de grãos inteiros e ovos, por exemplo.

6 - Tenha hábitos saudáveis

Muitos aspectos da vida saudável ajudam a melhorar a concentração, especialmente dormir bem e praticar exercícios. 

Pessoas ativas tendem a ter melhor desempenho cognitivo. Em um estudo publicado em 2013 por pesquisadores canadenses, feito com adultos mais velhos, os participantes que se exercitaram entre 75 e 225 minutos por semana apresentaram níveis mais elevados de atenção e uma capacidade maior de concentração.

Dormir mal também pode prejudicar a capacidade de concentração. A privação de sono ocasional não causa muitos problemas, mas quando acontece de forma regular pode afetar o humor e o desempenho, assim como diminuir os reflexos, afetar a capacidade de dirigir e de realizar outras atividades diárias.

Problemas de saúde, sedentarismo e questões emocionais podem afetar a qualidade de sono. Lidar com tudo isso é importante se a concentração estiver prejudicada.

 

 

Referências:

Harvard Health Publishing - Harvard Medical School. Tips to improve concentration.

Luque-Casado A, Zabala M, Morales E et al. Cognitive Performance and Heart Rate Variability: The Influence of Fitness Level. Plos One. 2013.

Medical News Today. Five ways to boost concentration.

Healthline. 12 tips to improve your concentration. 

 

LEIA MAIS