Como cuidar da saúde bucal dos idosos

por Equipe Danone Nutricia 08 de outubro de 2020 5 minutes

Manter um sorriso saudável ao longo de toda a vida melhora a qualidade de vida e evita doenças

Assim como o resto do corpo, os dentes envelhecem e precisam de cuidados. O avanço da idade pode gerar uma série de condições dentárias e bucais que, além de incômodas, prejudicam a alimentação.

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 25% da população brasileira deverá ter mais de 65 anos até 2060. A sociedade está envelhecendo e precisa prestar mais atenção à saúde e qualidade de vida dos idosos.

A manutenção de dentes fortes e saudáveis deve ser estimulada, evitando que o indivíduo precise utilizar prótese no futuro. Quando já não há salvação para os dentes, a prótese dentária é uma solução. Mas o seu uso pode ser doloroso e incômodo, além de favorecer o aparecimento de microrganismo que provocam ardência e lesões na cavidade bucal.

De forma geral, o avanço da idade pode gerar problemas bucais e dentários, como:

● Doença periodontal, que afeta gengivas e ossos que suportam os dentes

● Cáries

● Sensibilidade alta

● Mau hálito

● Boca seca

● Edentulismo (perda dos dentes)

Como manter um sorriso bonito e saudável ao longo da vida

Veja, abaixo, alguns passos para manter a saúde dos dentes ao longo da vida:

Escovação adequada

Escove os dentes após cada refeição, utilizando uma escova de tamanho adequado, com cerdas macias e creme dental com flúor. Também escove os dentes antes de dormir.

Use fio dental

O fio dental deve ser usado diariamente, ao menos uma vez por dia. Remova cuidadosamente os resíduos de alimentos depositados entre os dentes.

Adote uma alimentação saudável

A regra é a mesma desde a infância: comer muito doce favorece o aparecimento de cáries. De acordo com um artigo científico publicado em 2014 por pesquisadoras do Centro Universitário Ingá, no Paraná, a introdução do açúcar e de grãos processados na dieta do ser humano foi responsável pelos primeiros dentes cariados.

Assim, a cárie está diretamente relacionada ao consumo de carboidratos refinados, como bolos, biscoitos, chocolate, pães e massas feitos com farinha branca e doces em geral.

Hidrate-se

A xerostomia, ou boca seca, é uma condição que acomete muitos idosos devido à diminuição natural da produção de saliva. Beber água é importante para estimular a salivação, que protege o esmalte dos dentes e ajuda a manter a boca higienizada.

Vá ao dentista regularmente

Visitas ao dentista devem ser feitas a cada seis meses para avaliar a saúde bucal e fazer uma limpeza, que remove as placas dentárias e contribui para a prevenção de doenças nos dentes e gengiva.

Durante a consulta, o dentista poderá colher o histórico do paciente, fazendo perguntas como:

● Quando foi a última visita ao dentista

● Se notou qualquer alteração recente, como algum dente solto ou sensível

● Se tem dificuldades para mastigar ou engolir

● Se sente alguma dor, desconforto, feridas ou sangramento

● Se notou algum nódulo ou inchaço na boca

Cuide da higiene da sua prótese dentária

Por fim, quem usa prótese dentária tem de higienizá-la com cuidado após cada refeição, utilizando os produtos indicados. O dentista deverá indicar quais são as medidas a tomar para mantê-la limpa e confortável.

A saúde dos dentes deve ser uma preocupação primária. Se você cuidar deles com afinco, poderá evitar problemas de saúde e terá mais qualidade de vida ao longo da velhice.

 

Referências:

Ministério da Saúde. Dia do Idoso: cuidados com a saúde bucal na terceira idade.

Web Medical Team. Dental Care for Seniors.

Instituto Cemig Saúde. 5 maneiras de cuidar da saúde bucal do idoso.

Isadora da Silva Feijó, Kesley Merry Katherine Iwasaki. Cárie e dieta alimentar. Revista Uingá Review. Vol.19,n.3,pp.44-50 (Jul - Set 2014).

LEIA MAIS