Declínio da visão e audição pode estar relacionado a casos de demência entre idosos

por Equipe Danone Nutricia 2 de janeiro de 2021 5 minutes

Estudo publicado este ano revelou que idosos com declínio visual e auditivo tinham mais chances de apresentar demência

O declínio da visão e da audição são problemas de saúde que podem surgir com a idade. Este ano, um novo estudo os relacionou com as chances de desenvolver demência, outra condição típica do envelhecimento.

O estudo foi feito por pesquisadores do Departamento de Epidemiologia da Universidade de Washington, nos Estados Unidos. Segundo a pesquisa, cerca de 33% das pessoas com mais de 70 anos apresentam perda auditiva, enquanto a perda de visão afeta por volta de 18% da população nessa faixa etária. Uma vez que essas condições pioram com a idade, os cientistas acreditam que exista uma correlação entre o avanço delas e a perda de funcionalidade e taxa de mortalidade.

As duas principais teorias dos pesquisadores indicam que essas deficiências específicas resultam de processos físicos semelhantes aos que causam demência, ou que a perda de audição e visão levam a uma sensação crescente de isolamento social, depressão e inatividade física. Esses fatores em conjunto podem levar à demência.

a relação entre declínio visual, auditivo e demência

Para investigar o impacto do declínio da visão e audição no desenvolvimento de demência, os pesquisadores analisaram dados coletados pelo estudo Gingko Evaluation of Memory (GEM). Mais de 2.000 adultos com 75 anos ou mais que, no início, tinham função cognitiva normal ou no máximo demência leve, participaram do estudo durante oito anos.

Além de coletar dados relatados pelos próprios pacientes em relação à audição e visão dos indivíduos, os pesquisadores fizeram exames para acompanhar os participantes em relação ao desenvolvimento de demência e à progressão da doença.

A pesquisa revelou as seguintes probabilidades de desenvolver demência:

● 14,3% dos participantes sem qualquer perda auditiva ou visual desenvolveram demência;

● 16,9% dos participantes que relataram uma única deficiência desenvolveram demência;

● 28,8% dos participantes com ambas as condições (perda visual e auditiva) desenvolveram demência.

Assim, os pesquisadores concluíram que pessoas com perda auditiva e visual tinham quase duas vezes mais probabilidade de desenvolver demência do que aquelas sem tais deficiências.

Além disso, de acordo com os resultados, o maior risco de desenvolver demência está relacionado à gravidade da deficiência auditiva e visual: quanto mais grave, maior o risco. Por fim, o estudo também concluiu que é mais provável que idosos com declínios auditivos e visuais desenvolvam o Alzheimer em detrimento de outros tipos de demência.

olfato, tato e paladar também podem estar relacionados à demência

Outro estudo, publicado por pesquisadores da Universidade da Califórnia, também nos Estados Unidos, adotou uma abordagem semelhante para estudar a conexão entre o declínio da audição, visão, tato e olfato e demência. Os pesquisadores testaram visão, tato e olfato em 1.810 pessoas com idades entre 70 e 79 anos que não tinham demência no início do estudo.

Os participantes foram acompanhados pelos pesquisadores por cerca de 10 anos. Eles descobriram que pontuações mais baixas nos quatro sentidos combinados estavam associados a uma maior incidência de demência. Mesmo a perda sensorial leve foi associada a maior probabilidade de desenvolver a condição.

 

Referências:

Phillip H. Hwang, W.T. Longstreth Jr, Willa D. Brenowitz et all. Dual sensory impairment in older adults and risk of dementia from the GEM Study. Disponível em:

https://www.medicalnewstoday.com/articles/hearing-plus-vision-loss-increases-the-odds-of-dementia

Medical News Today. Hearing plus vision loss increases the odds of dementia. Disponível em: https://www.medicalnewstoday.com/articles/hearing-plus-vision-loss-increases-the-odds-of-dementia

American Association of Retired Persons. Combined Vision and Hearing Loss May Double Alzheimer's Risk. Disponível em: https://www.aarp.org/health/dementia/info-2019/alzheimers-vision-hearing-loss.html#:~:text=The%20study%20showed%20that%20people,greater%20risk%20for%20cognitive%20deterioration.

Willa D. Brenowitz, PhD, MPH, et al. Multisensory Impairment and Dementia: Worsening Function in Multiple Senses is Associated with Dementia and Cognitive Decline. (Funder(s): Alzheimer’s Association; U.S. National Institute on Aging). Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6521912/

LEIA MAIS