Diagnóstico de demência: como funciona

por Equipe Danone Nutricia 10 de novembro de 2020 5 minutes

O diagnóstico de demência envolve o histórico clínico e uma série exames laboratoriais

Diagnosticar a demência é fundamental para que o paciente e sua família possam se planejar para o futuro e encontrar formas de lidar com a doença. No entanto, o diagnóstico é complexo e envolve uma série de exames clínicos clínicos e laboratoriais.

Primeiro, é importante entender que demência não é uma condição, mas um conjunto de condições causadas por mudanças no cérebro. Elas desencadeiam um declínio nas habilidades cognitivas, alterações de humor, dificuldades de socialização, problemas para realizar as atividades diárias, perda de memória, raciocínio e capacidade intelectual.

Segundo a filial brasileira da Alzheimer’s Association, cerca de um milhão de pessoas vivem com algum tipo de demência no Brasil. A Doença de Alzheimer é a forma mais comum, constituindo cerca de 50% a 70% dos casos de acordo com a Associação Portuguesa de Familiares e Amigos dos Doentes de Alzheimer. A Doença de Parkinson e a Demência Vascular, uma condição associada aos problemas de circulação de sangue para o cérebro, são outros tipos recorrentes.

diagnóstico de demência: como funciona

Não há um único teste específico para diagnosticar a demência. Para fazê-lo, é preciso colher um histórico médico cuidadoso do paciente, investigando casos na família, doenças pré-existentes e sintomas manifestados. Além disso, uma série de exames físicos e laboratoriais podem ser solicitados, de acordo com os sinais apresentados.

Os seguintes testes podem ser aplicados, segundo a Mayo Clinic, um dos maiores centros de cuidados médicos e pesquisa nos Estados Unidos:

Testes cognitivos e neuropsicológicos

Em testes feitos no consultório, os médicos avaliam a função cognitiva, como habilidades de pensamento, memória, orientação, raciocínio, julgamento, linguagem e atenção. 

Avaliações neurológicas

Os testes clínicos feitos pelos médicos avaliam o equilíbrio, movimentos e reflexos dos pacientes, além da capacidade de atenção, resolução de problemas, percepção visual, sentidos e memória.

Tomografia Computadorizada (TC), Ressonância Magnética (RM) e PET Scan

As tomografias e ressonâncias do cérebro podem verificar a existência de acidentes vasculares cerebrais, sangramentos ou tumores. Já o PET Scan é um exame que produz imagens detalhadas do cérebro, por meio de tecnologia e recursos de raio-X, que podem mostrar padrões de atividade cerebral. Ele também revela se a proteína amilóide, uma característica da doença de Alzheimer, está presente no cérebro. 

Testes de laboratório

Exames de sangue podem detectar condições físicas que podem afetar a função cerebral, como a deficiência de vitamina B12 ou problemas na glândula tireoide. 

Análise do líquido espinhal

O líquido espinhal pode ser coletado e examinado para identificar a presença de infecções, inflamações ou marcadores de doenças degenerativas.

Avaliação psiquiátrica

O psiquiatra pode fazer uma avaliação para entender se a depressão ou outra condição de saúde mental está contribuindo para os sintomas.

e se o diagnóstico for demência?

O próximo passo será diagnosticar o tipo de demência, como o Alzheimer. Tal diagnóstico pode ocorrer de forma lenta e gradual, ao longo de várias avaliações. Depois, o profissional de saúde orienta o paciente e sua família sobre as seguintes questões:

  • Quais são os principais sintomas;

  • Como a condição pode progredir;

  • Os tratamentos possíveis e adequados para cada caso específico;

  • Indicações de outros profissionais de saúde que podem ser úteis para o tratamento;

  • Serviços de assistência, como grupos de voluntários, organizações e clínicas;

  • Como a condição poderá afetar as diversas áreas da sua vida, como o seu trabalho ou relacionamentos pessoais.

    Como a demência pode afetar a sua vida de forma global, é importante tirar todas as dúvidas com os profissionais e utilizar os recursos disponíveis, incluindo o apoio de parentes e amigos. Quanto mais cedo você fizer o planejamento de cuidados, melhor!

 

 

Referências:

National Health Service. How to get a dementia diagnosis

Alzheimer’s Association. What is Dementia?

Mayo Clinic. Dementia - Diagnosis. 

 

LEIA MAIS