Geriatra: por que é importante consultar e a partir de qual idade

por Equipe Danone Nutricia 20 de abril de 2021 5 minutes

O geriatra também pode ser consultado por pessoas que não são idosas, com o objetivo de prevenir condições relacionadas ao envelhecimento

O geriatra é conhecido como o médico do idoso. De fato, o envelhecimento natural do organismo merece atenção especial para as particularidades desse processo. 

Assim como o pediatra, responsável por acompanhar o crescimento durante a infância, o geriatra tem uma visão global do indivíduo e do seu processo de envelhecimento. Avalia seus hábitos de vida, histórico familiar, tendência a apresentar doenças, índices metabólicos e funções dos órgãos etc.

Mas quando, e por quais motivos, procurar um geriatra? 

quando o corpo começa a envelhecer

Segundo o Instituto de Câncer, o corpo humano atinge a maturidade aos 25 anos e, a partir daí, começa a envelhecer. Por volta dessa idade se inicia o processo químico de oxidação, que resulta em moléculas chamadas radicais livres. Em pequenas quantidades, são úteis para a saúde pois mantêm as células trabalhando normalmente. Mas em maiores quantidades, podem danificar as células sadias do corpo, contribuindo para o declínio gradativo das funções.

Idealmente, as consultas com o geriatra deveriam ter início antes mesmo da idade avançada, para prevenir certas condições que podem surgir mais tarde e buscar melhor qualidade de vida no envelhecimento.

como o geriatra pode ajudar?

Apesar da necessidade da prevenção, o geriatra hoje cuida mais frequentemente de idosos. Não há uma idade certa para procurar o profissional, pois depende das necessidades de cada um. Esse profissional pode ajudar especialmente nos seguintes casos:

  • Para quem sofre de múltiplas condições de saúde;

  • Para quem sofre com condições de saúde que afetam a sua qualidade de vida e bem-estar 

  • Indivíduos que estão passando por declínio funcionais, cognitivos ou fragilidade física;

  • Para quem tem doenças associadas ao envelhecimento, como demência, incontinência ou osteoporose;

  • Para gerenciar o uso de vários medicamentos, especialmente se estiverem causando efeitos colaterais que interferem no bem-estar.

    Geriatras são especialistas em ver o quadro geral. Assim, eles podem ajudar a priorizar medicamentos para melhorar efeitos colaterais. Também podem sugerir mudanças de hábitos e identificar condições de saúde específicas, indicando consultas com especialistas. 

diferença entre geriatra e gerontólogo

O geriatra é um dos profissionais da saúde especializado em cuidados ao longo do envelhecimento. Geralmente, ele trabalha ao lado de uma equipe multidisciplinar de cuidados, que pode envolver médicos especialistas, nutricionistas e, em alguns casos, o gerontólogo.

Enquanto o geriatra é um médico especializado em geriatria, o gerontólogo é o profissional graduado em gerontologia. Tal formação de nível superior engloba áreas como psicologia, serviço social, nutrição, terapia ocupacional e direito. Ele lida com as questões do envelhecimento e da velhice a partir de diversos pontos de vista para aprimorar a qualidade de vida e assegurar os direitos do idoso.

Não deixe de procurar médicos e outros profissionais especializados no envelhecimento quanto necessário. 

 

 

Referências:

Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia. O que é geriatria e gerontologia? 

Instituto de Câncer. Qual a idade certa para procurar um geriatra?

John Hopkins Medicine. Specialists in Aging: Do You Need a Geriatrician?

 

LEIA MAIS