Rotina de medicação: dicas para não esquecer nenhum medicamento

por Equipe Danone Nutricia 19 de abril de 2021 5 minutes

Lembretes no celular, listas e aplicativos são estratégias que auxiliam pessoas que tomam muitos medicamentos a não errar na rotina

Para quem faz uso constante de medicamentos, tomá-los exatamente como prescrito pelo médico é importante e pode ajudar a prevenir problemas de saúde maiores no futuro. 

Pular algumas doses ou tomar o remédio errado pode colocar a saúde em risco ou simplesmente anular os benefícios do tratamento. Veja dicas para criar uma rotina de medicação organizada e segura:

dicas para uma rotina de medicação

1 - Conserve as embalagens originais dos medicamentos

Você pode utilizar os estojos de medicamentos nos quais as pílulas são distribuídas de acordo com o ritmo de consumo. No entanto, é preciso tomar cuidado com eles, já que você pode acabar tomando doses fora da validade. Prefira guardá-los sempre nas embalagens originais e faça um calendário de qual medicamento deve tomar em qual momento do dia, em qual dose e com qual frequência.

Se não tiver as embalagens originais, rotule-os adequadamente e escreva em qual dose e frequência devem ser consumidos, assim como a data de validade. A bula deve estar sempre à mão. 

2 - Aprenda sobre os seus medicamentos

Aprender mais sobre a finalidade dos seus medicamentos reforçará sua adesão ao tratamento. Saiba mais sobre a sua condição e sobre por que aquele remédio é indicado, como funciona, quais seus benefícios e prejuízos caso deixe de consumi-los. Essa dica é especialmente importante para pessoas que têm doenças silenciosas, que provocam poucos ou nenhum sintoma. 

Também aprenda sobre os efeitos colaterais de cada medicamento, para que você possa reconhecê-los se ocorrerem.

3 - Coloque alertas no seu despertador ou calendário

Programar alarmes e lembretes é uma forma simples de ser avisado de que chegou a hora de tomar o medicamento. Com cuidado, programe os avisos diários nas horas adequadas. Rotule cada um dos avisos com o nome do medicamento a ser tomado e em qual dose.

4 - Associe as doses com atividades da rotina diária

Tomar o medicamento sempre antes das refeições, na hora de dormir ou acordar, ou na hora de sair para o trabalho também é forma de se acostumar a tomá-los diariamente. Mas é preciso ficar atento aos seus hábitos, caso seus horários não sejam fixos. Os finais de semana, quando a rotina é alterada, também devem ser levados em consideração.

5 - Use aplicativos

Existem alguns aplicativos que também auxiliam a rotina de medicação, como o MyTherapy e o Lembrete de Remédios e Pílula. Além de emitir avisos no celular na hora de tomar o remédio, tais apps têm lembretes para lembrar de retirar a nova receita ou produto e ferramentas de compartilhamento entre familiares, para que uma segunda pessoa também monitore o tratamento. 

6 - Converse com o seu médico

Se todas as técnicas acima falharem, pode ser a hora de conversar com o seu médico sobre a possibilidade de simplificar a sua rotina de medicação. A adesão ao tratamento é fundamental para o seu sucesso e, para isso, é preciso que funcione em todos os sentidos.

 

Referências: 

National Library of Medicine. Taking medicine at home - create a routine.

Cleveland Clinic - How to Store, Refill, Travel with, and Afford Your Medications

U.S. National Library of Medicine - Storing your medicines

LEIA MAIS