Gravidez
      Como e quando escolher o pediatra

      Como e quando escolher o pediatra

      por Equipe Danone Baby 26 de Junho de 2017 5 minutos

      Além da competência, a escolha do pediatra deve considerar a empatia e a agenda do profissional

      O médico que cuida da saúde do seu filho não é responsável apenas por prevenir e tratar doenças. Ele faz a puericultura, ou seja, acompanha o desenvolvimento da criança em todos os sentidos. Por isso, a escolha do pediatra é fundamental e é recomendável que seja feita antes mesmo de o bebê nascer.

      Bebês e crianças não são pequenos adultos que vão ao médico apenas quando estão doentes. Suas necessidades são diferentes e muito mais amplas. Portanto, o profissional de saúde deve estar apto a dar atendimento personalizado. Além disso, deve estar disposto a sanar as dúvidas dos pais e a auxiliá-los nessa fase tão importante. Nas consultas, pais podem levar informações sobre padrões de sono, alimentação e o que mais julgarem necessário.

      aplv-1-1-807x350.jpg

      Escolha do pediatra

      A escolha do pediatra é uma parte importante da preparação para a chegada do novo bebê e, como a primeira consulta já deve acontecer antes dos sete dias de vida da criança, o ideal é que os pais já tenham definido, antes do parto, o pediatra que irá acompanhar o desenvolvimento do filho.

      O primeiro passo para encontrar o pediatra ideal para a família é pedir referências. Pergunte para amigos e parentes em qual médico levam os filhos e marque visitas para conhecê-los. A maioria deles não cobra por esse atendimento. Pode ser uma boa ideia conversar com dois ou três profissionais antes da chegada do bebê.

      Durante essa conversa, tire todas as dúvidas que achar pertinente. Pergunte sobre sua formação, especialidade, opinião sobre prescrição de medicamentos, antibióticos e vacinas. Observe se ele é paciente e explica com clareza. Também é bom perguntar se ele fornece o número de celular ou só o telefone do consultório. Muitos pais, nesse momento da vida, se sentem mais confortáveis se souberem que podem acionar o médico em um momento de urgência.

      Também é importante considerar outras questões ao escolher o pediatra, como a localização do consultório. Fica muito longe da sua casa? Será difícil de chegar no horário do trânsito intenso?  Quais são as opções de transporte público na redondeza?

      Alguns pediatras, até mesmo por serem muito bons e muito recomendados, acabam por ter uma agenda muito concorrida. Por isso, é bom entender a dinâmica da marcação de consultas e o tempo de espera.

      Quem não tem convênio médico pode utilizar as Unidades Básicas de Saúde (UBS). Ainda durante o pré-natal, encontre o posto de saúde mais próximo da sua casa, cheque o horário de funcionamento, descubra qual o procedimento para marcar consultas e informe-se sobre o tempo médio de espera. Também pesquise se a aplicação de vacinas é feita no local ou se é preciso procurar outra unidade para isso.

      Qualquer cidadão pode utilizar o Sistema Único de Saúde (SUS) para consultas médicas, basta fazer a carteirinha. Além dos hospitais públicos e Unidades Básicas, hospitais universitários costumam oferecer acompanhamento pediátrico. Verifique todas as suas opções antes de escolher a melhor forma de cuidar do seu bebê.

      O fundamental, no fim, é que você se sinta confiante e confortável. Nesse caso, isso é possível quando o médico é competente e demonstra empatia. Uma escolha acertada evita muitos problemas e trocas de médicos.

       

       

      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      Sociedade Brasileira de Pediatria - “Crianças que não vão ao pediatra com frequência têm duas vezes mais chances de serem hospitalizadas”
      Universidade de Stanford - “Choosing a Pediatrician”
      Academia Americana de Pediatras - “How to Choose a Pediatician”

       

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!