Gravidez
      Alimentação saudável na gravidez: o que a gestante deve evitar

      Alimentação saudável na gravidez: o que a gestante deve evitar

      por Equipe Danone Baby 26 de Junho de 2017 5 minutos

      Uma mãe bem nutrida fornece todos os nutrientes e tem muito mais chance de gerar um filho saudável

      A gravidez é um dos melhores momentos para adotar uma alimentação saudável, já que não é só a mãe que se beneficia, mas também o bebê. Alguns alimentos são especialmente indicados durante esse período, enquanto outros a grávida deve evitar.

      Ao descobrir a gravidez, o primeiro passo é ir ao médico. Além de iniciar o pré-natal, ele irá sugerir a melhor conduta para a futura mãe durante os próximos meses. A alimentação adequada entra nessas indicações e é fundamental para que o bebê se desenvolva. Uma mãe bem nutrida fornece todos os nutrientes e tem muito mais chance de gerar um filho saudável.

      A alimentação equilibrada também pode diminuir fatores de risco durante a gravidez, como ganho de peso excessivo, diabetes gestacional e hipertensão.

      aplv-1-1-807x350.jpg

      Alimentação saudável durante a gravidez

      É importante que a mulher faça ao menos três refeições por dia (café da manhã, almoço e jantar), além de dois lanches saudáveis. Isso evita que o estômago fique vazio por muito tempo e previne fraquezas e desmaios. Além disso, comer o suficiente é importante para não morrer de fome e exagerar na próxima refeição, o que pode causar desconforto abdominal - principalmente durante o último trimestre.

      Alimentos do grupo dos cereais, como arroz e milho, podem ser incluídos nas refeições, assim como tubérculos (batata e mandioca). Dê preferência ao que é natural e rico em fibras, vitaminas e minerais. Quanto mais colorido for o seu prato, melhor!

      Couve, brócolis, agrião, taioba, rúcula, mamão, abóbora, cenoura, jabuticaba, ameixa, tomate, caju e outras frutas, legumes e verduras contribuem para uma alimentação saudável durante a gravidez. Por fim, não se esqueça do bom e velho feijão com arroz: a combinação tipicamente brasileira é fonte de proteínas essenciais para a mulher grávida. Outras leguminosas, como soja e ervilha, também podem ser consumidas.

      Alimentos que a grávida deve evitar

      Certos alimentos podem gerar desconforto abdominal, aumentar os fatores de risco ou até causar intoxicações na mulher grávida.

      Bebidas artificiais

      O ideal é dar preferência para a água e sucos naturais. Refrigerantes e bebidas com cafeína, como café, chá preto e chá mate, dificultam a absorção de alguns nutrientes.

      Carnes cruas e com muitas gorduras

      Tome cuidado com carnes e peixes crus, pois eles podem estar contaminados com a toxoplasmose. Ao infectar a mãe, o parasita pode causar malformação no bebê.

      Gorduras e sódio

      Alimentos como embutidos (salsichas, linguiças, salame, presunto, mortadela), queijos amarelos, salgadinhos, chocolates, sorvetes e biscoitos recheados devem ser consumidos com moderação durante a gravidez. O consumo excessivo pode estar associado ao surgimento de pressão alta e outras complicações de saúde.

      Ovo cru

      Ovo cru e alimentos que o contêm, como a maionese, pode transmitir salmonela, uma bactéria que causa intoxicação alimentar. Antes de consumir ovos, é melhor que estejam bem cozidos.

      Fígado

      No geral, o fígado é considerado um bom alimento, pois é rico vitaminas, minerais e proteínas. Porém, contém muita vitamina A. Em excesso, pode prejudicar o desenvolvimento do bebê. Consumir bife ou patê de fígado em excesso pode não ser recomendado.

      Frutos do mar e peixes

      Peixes são ricos em ômega 3 e vitaminas, o que pode fazer bem para a mulher grávida. Mas, algumas espécies devem ser consumidas com moderação, como atum, truta, sardinha e salmão. Eles podem conter mercúrio e outras substâncias poluentes. Além disso, o peixes e frutos do mar que estão crus podem aumentar o risco de intoxicação alimentar.

       

      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      Ministério da Saúde
      Senado Federal
      Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra ("Why should I avoid some foods during pregnancy?")
      Site oficial do governo canadense

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!