Gravidez

      Hiperêmese gravídica: quando o enjôo da gravidez é grave

      por Equipe Danone Baby 18 de Maio de 2018 5 minutos

      Confira dicas de alimentação que ajudam a gestante que sofre desse mal

      O enjoo é um dos principais sintomas da gestação. A ocorrência de náuseas e vômitos até a 14ª semana, chamada cientificamente de emese gravídica, é considerada normal pelos especialistas. Porém, se as náuseas e os vômitos persistirem e estiverem associados à perda de peso, desidratação, entre outros sintomas, pode ser o caso de uma hiperêmese gravídica, que costuma cessar por volta da 20ª semana. Em algumas situações, porém, o quadro pode persistir até o parto.

      Estudos indicam que uma em cada 50 mulheres pode desenvolver a doença.

      sintomas DA HIPERÊMESE GRAVÍDICA

      Os principais sintomas são:

      • enjôo e vômitos incontroláveis e recorrentes, que acabam por levar à perda de peso corporal
      • sinais de desidratação grave
      • desequilíbrio dos principais eletrólitos do corpo humano (como sódio, potássio, cálcio, magnésio, cloro, fosfato, sulfato e bicarbonato)
      • disfunção renal e hepática
      • alterações no paladar
      • lentidão na saída dos alimentos do estômago
      • estresse emocional e físico
      • aparecimento de manchas vermelhas na parte branca do olho
      • salivação excessiva
      • intolerância a odores

      Sem tratamento adequado, a doença pode trazer complicações mais sérias, por isso é muito importante acompanhar de perto o problema com o médico durante as consultas do pré-natal.

      Causas e diagnóstico da hiperêmese gravídica            

      O aparecimento da hiperêmese gravídica pode estar relacionado ao histórico familiar, mas sua causa mais comum é uma resposta anormal à presença do HCG (hormônio gonadotrofina coriônica), produzido pela placenta durante a gestação; deficiência de vitamina B6 e ocorrência de citotoxinas na corrente sanguínea (produzidas pela bolsa amniótica).

      O diagnóstico da hiperêmese gravídica geralmente é feito pela avaliação clínica, incluindo o monitoramento do peso da gestante, e pelos seguintes exames: hemograma, rotina de urina, perfil eletrolítico e o de uréia. Os médicos geralmente suspeitam da condição quando surgem sintomas relacionados à frequência e quantidade dos vómitos.

      tratamento da hiperêmese gravídica

      As medidas adotadas pelos especialistas em casos como esses, normalmente, são, internação; suspensão da alimentação nas primeiras 24 horas, que pode perdurar por mais tempo, dependendo da gravidade do quadro; além do controle diário do peso e da urina. Quando as condições mais graves forem estabilizadas, é comum que o profissional de saúde recomende uma dieta líquida, que evoluirá, aos poucos para a sólida — pobre em gorduras e rica em carboidratos.

      Sem tratamento adequado, a doença pode trazer complicações mais sérias, por isso é muito importante acompanhar de perto o problema com o médico durante as consultas do pré-natal.

      10 dicas de alimentação para grávidas com hiperêmese gravídica

      1. Peça ajuda aos familiares e amigos mais próximos no preparo de refeições, que deverão, conter basicamente, alimentos frios e líquidos gelados como sanduíches, sucos, frutas e sopas.
      2. Proteja-se de odores fortes.
      3. Alimente-se de pequenas refeições leves em vez de ingerir comidas pesadas e em grandes quantidades.
      4. Não tome muitos líquidos durante as refeições.
      5. Hidrate-se bastante, preferencialmente, num intervalo de 30 minutos a uma hora.
      6. Evite alimentos muito gordurosos, fritos, apimentados ou com excesso de açúcar.
      7. Descanse após as grandes refeições como café da manhã, almoço e jantar.
      8. Evite exercícios físicos pesados.
      9. Vista-se confortavelmente, com roupas largas e que não apertem o corpo.
      10. Tente evitar situações de estresse.

      Quando procurar o médico?          

      A gestante deve procurar o médico quando os enjoos e vômitos não passarem e estiverem prejudicando o dia a dia. O profissional de saúde fará a análise clínica e poderá pedir alguns exames, inclusive para descartar a presença de outras doenças.

      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      "Hiperêmese gravídica" - Rotinas Assistenciais da Maternidade-Escola da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

      "Hiperêmese gravídica" - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

      “Transtornos alimentares e gestação – Uma revisão” - Jornal Brasileiro de Psiquiatria.

       

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!