Gravidez

      Como se preparar para amamentação: da alimentação aos cuidados com os seios

      por Equipe Danone Baby 28 de Janeiro de 2019 5 minutos

      Felizmente, quando você está grávida, seu corpo se prepara praticamente sozinho para a amamentação. Mesmo assim, é importante se informar e tomar alguns cuidados para que o processo seja o mais tranquilo possível.

      aplv-1-1-807x350.jpg

      A futura mãe pode conversar com o seu obstetra, pediatra, enfermeiros, doulas ou até mesmo procurar um curso sobre amamentação. Outra opção é a leitura de livros sobre o assunto. O que importa é se informar em fontes confiáveis, principalmente se estiver insegura ou ansiosa.

      Seguem, abaixo, algumas dicas importantes para o preparo físico e emocional da mulher que pretende amamentar.

      Cuidados com as mamas

      Ainda durante a gestação, as mamas ficam maiores, as aréolas mais escuras e os mamilos mais sensíveis. Conhecer as suas mamas e estar preparada para tais mudanças é o primeiro passo para uma amamentação tranquila.

      Apesar de ser uma orientação corriqueira do senso comum, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) não recomenda exercícios que esticam os mamilos ou que os esfregam com buchas ou tecidos ásperos. Banhos de sol nas mamas também não são recomendados.

      No que diz respeito à higiene, a SBP orienta que a futura mãe apenas evite o uso de sabão, álcool e anti-sépticos na região. O ideal é lavar as mamas apenas com água pura durante o banho.

      Prevenção dos problemas da amamentação

      Antes mesmo do nascimento do bebê, a mulher deve se informar sobre os possíveis problemas e como enfrentá-los para que a amamentação seja prazerosa.

      Para evitar o excesso de leite nos seios, por exemplo, pode-se fazer compressas geladas e permitir que o pequeno mame bastante, o quanto desejar. A retirada manual do leite, o uso de sutiãs adequados e o costume de manter as mamas secas também ajudam na prevenção de problemas.

      Se, mesmo com todos esses cuidados, a mulher sofrer algum processo inflamatório, como a mastite, é possível cuidar de forma a não interromper a amamentação.

      Neste infográfico, ensinamos a prevenir os principais problemas decorrentes da amamentação.

      Alimentação e uso de remédios

      A composição do leite materno é influenciada pela dieta da gestante. Como a mulher começa a produzir leite ainda na gravidez, deve se preocupar desde então em estabelecer uma alimentação adequada. O próprio obstetra pode indicar o consumo de certos alimentos e solicitar a restrição de outros.

      O Ministério da Saúde recomenda que a gestante deve se hidratar bastante e adotar uma alimentação variada.

      Legumes, verduras, frutas, peixes, grãos integrais e sementes são alguns dos alimentos que auxiliam a produção de leite e a saúde geral da gestante. Além disso, comer direitinho é forma de ganhar mais energia e, portanto, impulsionar a produção de leite.

      Também é importante que a futura mamãe alimente-se em horários regulares e evite o consumo de bebidas açucaradas ou com cafeína, pois elas dificultam o aproveitamento de alguns nutrientes.

      Por fim, se a gestante toma algum remédio de uso contínuo, é preciso consultar o médico. Em alguns casos, ele poderá solicitar a interrupção do tratamento ou apresentar uma alternativa.

      Roupas e acessórios adequados

      Roupas confortáveis e sutiãs com aberturas são muito úteis durante a amamentação. Ainda durante a gestação, a mulher pode escolher algumas peças para ficar preparada para o nascimento do bebê. Logo após o parto, dificilmente terá tempo de fazer compras, então vale a pena já estar munida de roupas práticas.

      Antes do parto, também é indicado conversar com o obstetra ou doula sobre o uso de acessórios para amamentação, como as conchas e os protetores absorventes de leite materno. Alguns desses objetos são bastante úteis para evitar desconfortos e possíveis problemas decorrentes da amamentação.

      Casa adaptada

      Preparar um cantinho íntimo, só da mãe e do bebê, é uma das formas de se preparar emocionalmente para a amamentação. Uma ideia é colocar uma poltrona confortável em algum lugar tranquilo da casa. Também é bom separar almofadas ou travesseiros, assim como um banquinho para acomodar os pés.

       

       

      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      Ministério da Saúde (“Caderneta da Gestante 2016”), Sociedade Brasileira de Pediatria (“Acessórios que auxiliam no aleitamento materno” e “Estou grávida. O que fazer para conseguir amamentar?”), La Leche League Canada (“Preparing to Breastfeed”), Web Medical Team (“Preparing for Breastfeeding”)

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!