Gravidez

      Espinafre, banana e outros superalimentos para a gravidez

      por Equipe Danone Baby 23 de outubro de 2019 5 minutes

      Os superalimentos fornecem uma quantidade maior de nutrientes e, portanto, podem ajuda no desenvolvimento da sua gestação

      Superalimentos não são algo de outro mundo, mas sim comidas que têm mais nutrientes e, por isso, são consideradas benéficas para o organismo. Embora não sejam tão “super” quanto algumas pessoas acreditam, incluí-los no seu cardápio durante a gravidez pode ser boa forma de aumentar a ingestão de vitaminas, minerais e antioxidantes.

      Mas antes de sair comendo qualquer coisa com o rótulo de “superalimento”, preste atenção: não há definições ou consensos sobre quais são esses alimentos e profissionais de saúde dizem que eles não substituem uma dieta equilibrada e balanceada. Portanto, não adianta comer um superalimento no almoço e, no jantar, se esbaldar no fast food.

      Por outro lado, há sim alimentos que possuem concentrações de nutrientes em quantidades consideráveis e, portanto, são boas pedidas para as grávidas.

       

      os superalimentos na gravidez

      a) Vegetais escuros

      ● Espinafre

      ● Agrião

      ● Couve

      ● Brócolis

      ● Acelga chinesa

      ● Algas marinhas – limitar a sua ingestão a uma porção por semana, para evitar o excesso de iodo

      Tais vegetais contêm uma variedade de nutrientes que apoiam o desenvolvimento do seu bebê. O espinafre é particularmente rico em ferro e folato, enquanto o brócolis é uma fonte surpreendentemente boa de cálcio e vitamina D.

      Já o iodo fornecido pelas algas sustenta o cérebro em desenvolvimento do seu bebê, enquanto a acelga chinesa possui antioxidantes, incluindo o ácido ascórbico, também conhecido como vitamina C.

      Além de ajudar a combater infecções e proteger as células, a vitamina C é necessária para fazer o colágeno, a principal proteína estrutural do corpo do seu bebê. Também ajuda o corpo a absorver ferro, que é um nutriente importante para o desenvolvimento do cérebro do pequeno.

      b) Frutas silvestres

      ● Amoras

      ● Framboesas

      ● Cranberries

      Com uma concentração maior de nutrientes e conteúdo energético do que a maioria das frutas, as opções acima são uma maneira ideal de aumentar a ingestão de bons nutrientes.

      c) Peixes, especialmente os oleosos

      ● Salmão

      ● Cavalinha

      ● Sardinhas

      ● Atum fresco (o atum em conserva não é classificado como um peixe oleoso)

      O peixe oleoso é uma excelente fonte de boas gorduras, como a ômega 3. Esses ácidos graxos sustentam o cérebro em desenvolvimento do pequeno.

      Como é uma proteína magra, o peixe oleoso também é uma boa fonte de vitamina D, vitamina A e selênio. Mas é recomendável que se coma com moderação: duas porções por semana são suficientes, uma vez que o alto teor de mercúrio do alimento pode prejudicar o desenvolvimento do sistema nervoso do bebê.

      Se você é vegetariana, dá para aumentar a ingestão de ômega-3 incluindo nozes e óleo de linhaça em sua dieta.

      d) Carboidratos ricos nutricionalmente

      ● Bananas

      ● Batatas

      ● Batatas doces

      ● Cereais integrais

      As bananas são uma boa fonte de energia, bem como potássio e vitamina B6, que podem ajudar a aliviar as náuseas.

      Batatas e batata-doce contêm vários nutrientes, e a batata-doce tem o benefício adicional de manter os níveis de açúcar no sangue mais estáveis devido às suas propriedades de liberação lenta. As batatas doces são uma boa fonte de vitamina A. As batatas brancas fornecem potássio, magnésio, cobre, manganês, ferro, vitamina C e certas vitaminas do complexo B6.

      Cereais integrais são uma fonte de energia rica em fibras. Procure variedades fortificadas que forneçam ácido fólico para apoiar o desenvolvimento do tubo neural do seu bebê.

      Este é um material informativo. Consulte sempre o médico e/ou nutricionista.

      Bibliografia: NHS UK - What are superfoods?, Manganaris GA et al. - Berry antioxidants: small fruits providing large benefits, Hallberg, Leif, Mats Brune, and Lena Rossander - The role of vitamin C in iron absorption, British Dietetic Association - Food Fact Sheet: Diet, behaviour and learning in children, Jewell D, Young G. - Interventions for nausea and vomiting in early pregnancy (Cochrane review), Public Health England. McCance and Widdowson - The Composition of Foods

      LEIA MAIS