Gravidez

      Por que você deve beber mais água na gravidez

      por Equipe Danone Baby 23 de outubro de 2019 5 minutes

      O seu corpo irá precisar de mais fluidos para dar volume ao líquido amniótico, que nutre e dá suporte ao desenvolvimento do bebê

      Podemos não pensar nos fluidos como uma parte significativa da dieta, mas uma ingestão adequada de água na gravidez é essencial para a sua própria saúde e o desenvolvimento do seu bebê. E isso nem sempre é fácil, principalmente se você tiver os famosos enjoos matinais. Mas não tem jeito: hidratação é palavra de ordem durante a gestação.

      Fluidos: essenciais para a vida

      Uma enorme proporção do corpo humano é composta por água. Ela mantém nossos sistemas complexos funcionando adequadamente, enquanto nos ajuda a absorver nutrientes e liberar toxinas.

      Durante a gravidez, o seu corpo exige ainda mais água do que o habitual, já que é necessário atender aos requisitos da formação do bebê. Assim, mesmo se nada parar no seu estômago devido aos enjoos matinais, você deve continuar ingerindo líquidos pela manhã. Que tal adicionar algumas folhas de hortelã ou um pouco de limão no seu copo de água?

      A água e o seu corpo grávido

      Alguns dos sistemas de suporte mais cruciais para o seu bebê envolvem uma quantidade significativa de água. Para começar, o volume de sangue que fornece o oxigênio, por exemplo, aumenta em 50%. O líquido amniótico, que nutre e acolhe o seu bebê, também é constituído principalmente por água.

      A ingestão adequada de líquidos é importante também para a mulher. A combinação de uma boa hidratação com a ingestão de uma dieta rica em fibras ajuda a reduzir a probabilidade de constipação e as desagradáveis hemorróidas, bem comuns durante a gestação.

      Quando nada para no estômago

      Se você estiver com problemas para manter os fluidos devido a enjoos matinais ou dores de estômago, tente tomar pequenos goles regularmente em vez de goles grandes. As pequenas quantidades se somam e podem diminuir o risco de desidratação.

      Beber líquidos à temperatura ambiente, em vez de gelados, também pode ajudar. Para algumas mulheres, sopas e caldos se mantêm no estômago e, portanto, são boas opções. Outras se hidratam melhor tomando leite, por exemplo. No final das contas, é um jogo de tentativa e erro e o que importa é ingerir fluidos.

      Quanto devo beber?

      Embora a necessidade de água aumente durante a gravidez, não há uma quantidade única recomendada, pois cada pessoa é diferente. Vários fatores, incluindo peso corporal e nível de atividade, afetam o quanto você precisará por dia.

      Em geral, deve-se beber entre seis e oito copos de líquido por dia (aproximadamente 1,2 litros). Isso pode incluir água, leite com baixo teor de gordura e bebidas sem açúcar. As mulheres grávidas precisam de mais, por volta de dois litros por dia -- mas isso já inclui os fluidos de todos as bebidas e alimentos.

      Bebidas adequadas para a gravidez incluem água, leite, sucos de frutas e polpa sem açúcar. Sopa também conta e pode, ainda, fornecer uma boa porção de nutrientes benéficos.

      Evite bebidas que são efervescentes ou com alto teor de açúcar. Você também deve limitar a ingestão de variedades cafeinadas de chá e café. A cafeína pode agir como um diurético, aumentando sua necessidade urinária.

      Dicas rápidas para se manter hidratada durante a gravidez

      ● Mantenha um copo de água ao lado da sua cama e beba logo de manhã;

      ● Mantenha uma garrafa de água na sua bolsa ou na sua mesa e beba regularmente ao longo do dia;

      ● Compre uma garrafa de água de um litro, encha e beba a quantidade total duas vezes por dia;

      ● Experimente novos sabores na água para torná-la mais interessante: um toque de ou algumas folhas de hortelã fresca podem dar um sabor sutil e bem-vindo.

      Este é um material informativo sobre inserir hidratação na gravidez. Consulte sempre o médico e/ou nutricionista.

      LEIA MAIS