Primeiros Meses

      Vínculo com o filho recém-nascido pode não ser imediato: Saiba o que fazer para incentivá-lo

      por Equipe Danone Baby 6 de Junho de 2018 5 minutos

      Pesquisa do National Childbirth Trust, do Reino Unido, revelou que uma em cada três mães tem dificuldade em estabelecer vínculo imediato com o bebê. Ações simples podem ajudar nessa aproximação

      Você acredita que o amor da mãe pelo filho que acabou de nascer é instantâneo? Nem sempre. Foi o que revelou uma pesquisa realizada pelo National Childbirth Trust, organização britânica criada há 60 anos para apoiar pais e crianças durante a primeira infância. Segundo o estudo que ouviu 1515 novos pais, uma em cada três mães apresenta dificuldade para criar vínculos com seus filhos.

      aplv-1-1-807x350.jpg

      Ainda segundo os dados divulgados em 2016, 12% das mães disseram sentir vergonha ou culpa para expor a situação para profissionais de saúde. A pesquisa apontou que a criação do vínculo é fundamental para o desenvolvimento cognitivo da criança e das habilidades sociais. Também influencia diretamente na resposta que o pequeno dá ao estresse de adaptação ao mundo, após deixar a barriga da mãe.

      Elizabeth Duff, representante do órgão britânico, explicou que esse vínculo molda o espectro emocional da criança e é crucial para o estabelecimento de relações durante toda a vida. “Os pais que não sentem essa conexão instantânea apresentam um sentimento forte de culpa, vergonha e inadequação. Por isso, um dos maiores objetivos dessa pesquisa é mostrar a eles que não estão sozinhos e que a criação desse vínculo é um processo que requer tempo e dedicação”, analisa a pesquisadora.

      O estudo também pontuou o papel crucial dos especialistas como pediatras, doulas, enfermeiros e psicólogos na promoção da criação dessa relação. “É importante que esse assunto seja uma pauta a ser tratada pela equipe de profissionais de saúde junto aos pais, que devem ser encorajados a falar quando encontrarem problemas”, esclarece Elizabeth. Fatores como depressão pós-parto e ansiedade também podem interferir na criação de vínculo com o filho, destaca a investigação. A boa notícia é que, com apoio adequado, os pais tiveram facilidade para construir ou restabelecer o vínculo.

      Veja três medidas simples que ajudam os pais a criar vínculo com o filho:

      • Conversar com outros pais que estão passando ou que passaram por problemas semelhantes para conseguir apoio e descobrir formas diferentes de lidar com o problema de maneira prática;
      • Valorizar e incentivar ações físicas de afeto como o contato pele a pele ou massagens suaves no corpo do bebê;
      • Realizar interações verbais com o bebê, mesmo que ele ainda não fale. Isso pode incluir ler livros, cantar músicas e conversar com ele para explicar o que está fazendo - 'agora, vou trocar a sua roupa' - ou enquanto executa tarefas da casa  


      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      National Childbirth Trust - “Difficulties with baby bonding affect a third of UK mums”, 2016.

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!