Primeiros Meses

      Dicas para passar um tempo de qualidade com o bebê após a licença maternidade

      por Equipe Danone Baby 9 de Abril de 2018 5 minutos

      Pesquisas científicas mostram que qualidade do tempo é mais importante que o período em que os pais passam com os pequenos.

      Voltar ao trabalho depois do fim da licença maternidade faz com que surja aquela angústia sobre o tempo escasso para passar com o filho. O primeiro pensamento costuma ser: como vou ter tempo para tudo isso? Não é mesmo fácil vencer a exaustão da rotina de trabalho e das obrigações diárias e se dedicar inteiramente ao bebê, mas é possível e muito importante.

      Passar um período de tempo de qualidade com o filho auxilia na criação de vínculo. Mas o que é tempo de qualidade? É aquele período em que não somente o seu físico, mas também sua mente e coração estão ali, dedicados ao pequeno. Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de Toronto, os sentimentos dos pais podem influenciar diretamente o comportamento dos bebês. Portanto, caso eles estejam ansiosos ou estressados, a criança também será influenciada negativamente.

      Não há uma receita pronta, mas listamos 4 dicas para ter um tempo de qualidade com seu filho após a volta ao trabalho:

      1. Em casa, desligue-se do trabalho

      Seja tomando um banho, fazendo um lanche ou até mesmo trocando de roupa. Procure uma forma eficiente para se desligar do trabalho quando chega em casa. A partir do momento em que deixar de lado toda a tensão, o contato com o pequeno vai ser muito mais gostoso.

      2. Nada de celular, tablet ou computador na hora da brincadeira

      O tempo de qualidade é classificado como o momento em que você vai se dedicar inteiramente para a criança. Então, deixe de lado tudo que tiver um potencial de distração. Para não ter de vencer a tentação à distância de um clique, desligue e deixe longe celular, tablet e computador. Esse é o momento do seu filho e nada deverá atrapalhar.

      3. Tenha um cantinho tranquilo e exclusivo para brincar

      Dispor de um espaço especial para a diversão é fundamental, porque além de facilitar a organização mental da criança, proporcionando noções espaciais e disciplinares, a bagunça ficará contida em só um lugar. Outra vantagem é que a capacidade de distração com outras coisas que não a brincadeira é menor.

      4. Crie uma rotina de tipos de brincadeiras

      Organize uma tabela de atividades semanais. Por exemplo, um dia pode ser o da música, outro dos brinquedos de encaixe, outro da pintura ou desenhos, outro de faz-de-conta, enfim. Você pode personalizar as brincadeiras de acordo com os gostos e interesses do seu pequeno. Dessa forma, vocês poderão explorar as mais diversas áreas do universo lúdico e se divertir à beça.

      É isso. No início você ainda pode ter dificuldade de desligar do mundo à volta, mas com o tempo  esse vai se tornar o período que até para você vai ser de descanso e folia. E você ficará ansiosa por isso todos os dias. Aproveite!


      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      Departamento de Psicologia da Universidade do Minho - “Envolvimento emocional inicial dos pais com o bebê”.

      Fundação Oswaldo Aranha - Centro Universitário de Volta Redonda - “O desenvolvimento motor normal da criança de 0 à 1 ano: Orientações para pais e cuidadores”.

      Journal of Marriage and Family - “Work and Family Research in the First Decade of the 21st Century”, 2010.

      WFRN Conference - Work and Family Researchers Network - “OpenScience: Assumptions and Translation of Work and Family Research”, 2018.

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!