Primeiros Meses

      Intoxicação e envenenamento em crianças: prevenção e socorro

      por Equipe Danone Baby 16 de Setembro de 2018 5 minutos

      Alta incidência se deve ao fato de os pequenos serem muito curiosos, usarem a boca como forma de conhecer o mundo e não terem noção do perigo

      Casos de envenenamento em crianças são muito frequentes no Brasil. Segundo dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), todos os dias, 37 crianças e adolescentes com faixa etária entre zero a 19 anos são vítimas de envenenamento ou intoxicação por remédios, produtos de limpeza ou beleza. Ainda de acordo com o mesmo levantamento, 53% deles têm entre um a quatro anos. Os casos foram registrados entre os anos de 1999 a 2016.

      A maior incidência de episódios na primeira infância se deve ao fato de que as crianças pequenas são muito curiosas e usam a boca como uma forma de conhecer o mundo, além de não terem, ainda, noção alguma do perigo.

      aplv-1-1-807x350.jpg

      E, embora os pais prezem pela segurança dentro de casa, o ambiente domiciliar é, na maioria das vezes, o de maior risco. Além dos medicamentos, produtos de higiene e de beleza, algumas espécies de plantas também são tóxicas, como a comigo-ninguém-pode, antúrio, copo-de-leite, bico-de-papagaio, entre outras. As formas de intoxicação variam muito: vias aéreas, cutânea e, principalmente, pela boca.

      Sintomas de envenenamento em crianças

      Os sintomas de envenenamento ou intoxicação variam muito de acordo com o perfil de cada criança e com a gravidade do quadro, o que inclui quantidade da substância ingerida. Dor, vômito, convulsões, diarreia, dificuldades para respirar, confusão mental, mudança na cor dos lábios, queimação na garganta, no estômago e na boca são alguns deles, que podem aparecer imediatamente, a médio ou em longo prazo.

      No aparecimento de qualquer um dos sintomas acima, é indicado procurar ajuda médica. Caso a intoxicação tenha sido acarretada pelo contato da substância com os olhos, lave-os imediatamente com água corrente por, pelo menos, 15 minutos e procure unidade médica com urgência. Em todos os casos, leve a embalagem do produto ou um pedacinho da planta que causou a intoxicação.

      Prevenção de envenenamento em crianças

      Para prevenir envenenamento, é preciso uma série de atitudes como: manter produtos químicos fora do alcance das crianças, não comprar produtos de origem clandestina ou duvidosa, agendar serviços de dedetização somente quando os pequenos estiverem fora de casa e evitar o uso de inseticidas e outros venenos.

      Lavar muito bem as mãos e trocar de roupa após manusear produtos perigosos e antes de pegar o bebê no colo é uma medida de segurança fundamental. Em hipótese alguma, você deverá reutilizar as embalagens desses produtos para guardar alimentos, pois poderá causar contaminação.

       

      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      Sociedade Brasileira de Pediatria - Cartilha - “Envenenamento infantil”, 2017.
      http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/cartilhaenvennmto.pdf

      Sociedade Brasileira de Pediatria - "No Brasil, 37 crianças e adolescentes são vítimas de intoxicação ou envenenamento todos os dias, alerta SBP", 2018.
      http://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/no-brasil-37-criancas-e-adolescentes-sao-vitimas-de-intoxicacao-ou-envenenamento-todos-os-dias-alerta-sbp/

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!