Primeiros Meses

      Brincadeiras para o bebê de seis a nove meses de idade

      por Equipe Danone Baby 18 de Agosto de 2018 5 minutos

      Quanto maior o bebê fica, mais ele se esbalda nas novas brincadeiras. Apesar de simples, representam muito para o desenvolvimento do pequeno neste período    

      A partir dos seis meses, o bebê já se locomove sozinho, tem domínio dos objetos e se comunica melhor. Como sempre, as brincadeiras fazem parte do seu desenvolvimento e são ainda mais divertidas do que no início da vida.

      aplv-1-1-807x350.jpg

      Listamos, abaixo, algumas dicas de brincadeiras sugeridas pela Sociedade Brasileira de Pediatria para cada fase até os nove meses de idade:

      Seis meses

      •        Coloque o bebê sentado com leve apoio.
      •        Dê um brinquedo simples, estimulando o bebê a passá-lo de uma mão para outra.
      •        Quando o bebê estiver segurando um brinquedo, ofereça outro, para estimulá-lo a trocar os brinquedos, soltando o primeiro.
      •        Esconda um brinquedo embaixo de uma almofada e incentive o bebê a procurá-lo.
      •        Coloque o bebê em frente ao espelho e faça brincadeiras de aparecer e desaparecer.
      •        Coloque o bebê sentado em seu colo e brinque de “serra serra serrador”.
      •        Segure o bebê pelas axilas e brinque de “pula-pula”.
      •        Coloque brinquedos longe do bebê, para que ele tente buscá-los arrastando-se.
      •        Bata palmas com o bebê.
      •        Faça o bebê estender os braços para atirar-se no colo dos adultos.
      •        Estimule-o a rolar lateralmente.

      Sete meses

      •        Dê uma caixa de papelão para o bebê brincar de entrar e sair, sentar dentro dela e jogar brinquedos para dentro e para fora;
      •        Quando o bebê estiver deitado de costas, ajude-o a brincar de chupar os próprios pés, levando-os até a boca – o pé precisa estar limpinho;
      •        Faça caretas para o pequeno imitar;
      •        Dê dois brinquedos e ensine-o a bater um no outro;
      •        Peça para o bebê te dar um brinquedo, abrindo e soltando a mão;
      •        Dê potinhos de diferentes tamanhos para que o bebê encaixe uns nos outros;
      •        Durante a refeição, deixe que coma alguns alimentos com as mãos, sem se preocupar com a lambança;
      •        Faça uma cadeira com os seus braços e balance o bebê para os lados.

      Oito meses

      •        Coloque o bebê sentado para brincar;
      •        Coloque o bebê deitado de lado, para facilitar que se sente sozinho;
      •        Para incentivar o bebê a se arrastar, coloque brinquedos na sua frente, para que tente alcançá-los;
      •        Coloque algum obstáculo na frente do brinquedo para que, se o pequeno se interessar, tentar vencer o obstáculo para chegar à brincadeira
      •        Mostre um brinquedo, esconda-o atrás de suas costas e peça que procure;
      •        Dê um brinquedo de cabeça para baixo, para que o bebê o coloque na posição correta;
      •        Cante e converse com o bebê;
      •        Beije o bebê e ofereça seu rosto para que ele beije também;
      •        Dê brinquedos que o bebê possa bater e fazer barulho, como tambores;
      •        Brinque de imitar sons e movimentos. Aos oito meses, o bebê já começa a imitar adultos e outras crianças e é capaz de bater palmas, fazer caretas e gracinhas. Faça sons como “bububu”, “bababa”, tussa, bata palmas e bata os pés.

      Nove meses

      •        Deixe o bebê no chão para que ele se arraste ou engatinhe. Para estimulá-lo, jogue uma bola para que ele busque;
      •        Faça o bebê alcançar um brinquedo e peça que o dê a você;
      •        Pendure algum brinquedo na grade do berço para estimulá-lo a ficar em pé para alcançar o objeto;
      •        Dê um brinquedo com cordinha, como um carrinho, para que ele puxe, arraste e o levante pela cordinha;
      •        Esconda um brinquedo pequeno em sua mão para que ele possa procurar;

      Importância de brincar com o bebê

      Segundo um número crescente de pesquisas, estímulos diversos, como as brincadeiras, são responsáveis por formar, na primeira infância, as conexões neurais mais importantes do desenvolvimento humano.

      Brincando, o bebê explora os movimentos do seu próprio corpo e o mundo a sua volta, e experimenta estar em novos espaços e posições. O ato de brincar também é uma das formas mais efetivas para estreitar vínculos

       


      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      Sociedade Brasileira de Pediatria (“Filhos: da gravidez aos 2 anos de idade”) 

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!