Primeiros Meses

      Célula imunológica descoberta no leite materno reforça benefícios da amamentação

      por Equipe Danone Baby 13 de Julho de 2018 5 minutos

      Novo estudo identifica componente inédito, que ajuda na proteção de bebês contra infecções, confirmando a importância do aleitamento nos primeiros meses de vida

      Uma pesquisa publicada em junho deste ano na revista acadêmica JAMA Pediatrics, da Associação Médica Americana, descobriu um novo componente no leite materno: células  imunológicas que podem ajudar a proteger os recém-nascidos de infecções e, a longo prazo, ajudar os bebês a desenvolver seu próprio sistema imunológico protetor.

      Além de atuar como principal forma de defesa no organismo do bebê, até que o sistema imunológico dele se desenvolva completamente, essas células são fundamentais na formação das bactérias que integram a flora intestinal. Elas podem habitar o intestino dos pequenos por anos, aumentando consideravelmente o período de proteção.

      aplv-1-1-807x350.jpg

      Os pesquisadores apontaram que a ação protetiva se estende à mãe – evitando que ela seja vítima de algum tipo de infecção vinda do próprio bebê durante o processo de aleitamento. As células descobertas também possuem uma capacidade de mutação para lutar contra a ação de agentes infecciosos.

      A descoberta da nova célula é mais recente evidência dos benefícios da amamentação. o que reforça a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Unicef sobre aleitamento materno. Segundo as instituições, a amamentação deve ser exclusiva até os 6 meses de idade e feita de forma complementar até o segundo ano de vida da criança ou mais.

      O leite materno é um alimento indispensável para os bebês, trazendo benefícios que se estendem de forma duradoura para eles e suas mamães. Veja a seguir algumas das principais vantagens da amamentação desde as primeiras horas de vida, de acordo com o Unicef e o Ministério da Saúde:

      • Reduz a mortalidade infantil;
      • Auxilia a mãe nas recuperação do útero nos pós-parto, diminuindo o risco de hemorragia;
      • Fortalece o bebê mais que qualquer outro alimento nos primeiros seis meses de vida;
      • Ajuda a proteger a criança contra doenças como diarreia e infecção respiratória, além de diminuir o risco de problemas como alergia, hipertensão e obesidade;
      • Estreita  o vínculo afetivo entre mãe e filho, oportunizando intimidade, troca de afeto e sentimentos de segurança e de proteção na criança e de autoconfiança e realização na mulher.
      • Tem efeito positivo para o desenvolvimento cognitivo - estudos concluíram que crianças amamentadas apresentaram vantagem nesse sentido se comparadas a outras não amamentadas.
      • Contribui para o melhor desenvolvimento da cavidade bucal - o exercício que a criança faz para retirar o leite da mama é importante para o desenvolvimento dessa cavidade e para a formação do céu da boca, ajudando no alinhamento correto dos dentes.
      • Melhora a qualidade de vida das famílias, uma vez que as crianças amamentadas adoecem menos, necessitam de menos atendimento médico, hospitalizações e medicamentos, o que pode implicar menos faltas ao trabalho dos pais, bem como menos gastos e situações estressantes.

       

      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      JAMA Pediatrics - “Presence and Profile of Innate Lymphoid Cells in Human Breast Milk”, 2018.
      https://jamanetwork.com/journals/jamapediatrics/article-abstract/2676820

      Ministério da Saúde - “Saúde da criança: Nutrição Infantil, Aleitamento Materno e Alimentação Complementar”, 2009.
      http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_crianca_nutricao_aleitamento_alimentacao.pdf

      World Health Organization - “The optimal duration of exclusive breastfeeding – Report of an Expert Consultation”, 2001.
      http://www.who.int/nutrition/publications/infantfeeding/WHO_NHD_01.09/en/

      Unicef - “Aleitamento materno”
      https://www.unicef.org/brazil/pt/activities_10003.htm

       

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!