Primeiros Meses

      Desenvolvimento do bebê de cinco meses: marcos motores e cognitivos

      por Equipe Danone Baby 21 de Julho de 2018 5 minutos

      Nesta fase, ele já está se preparando para engatinhar e falar e começa a sentir falta dos pais

      O quinto mês é um momento de transição para os pequenos. O bebê de cinco meses começa suas primeiras tentativas de falar e engatinhar. Portanto, pais devem estar preparados para as novas habilidades do filho.

      aplv-1-1-807x350.jpg

      Habilidades motoras

      O bebê de cinco meses já fica sentado por longos períodos de tempo. Provavelmente ainda precisa se apoiar em algo, como um travesseiro. Mas também pode se sentar sem apoio durante alguns segundos. Quando deitado de bruços, consegue rolar para ficar de barriga para cima. Note que após fazer isso, ele irá mexer e balançar as perninhas.

      Nesta fase é preciso prestar bastante atenção na segurança do bebê. Afinal, ele está se preparando para, no futuro próximo, sair engatinhando por aí. Além disso, nunca o deixe em uma cama ou outra superfície alta, onde possa rolar e se machucar por acidente.

      Outra coisa a se notar é que o alcance do bebê está ficando maior. Ele pode puxar objetos para mais perto e pegá-los com uma das mãos para, em seguida, movê-los para a outra. Também pode segurar uma garrafa ou um copo sozinho.

      Comunicação e Emocional

      O bebê expressa cada vez mais emoções, como rir, gritar e sorrir de felicidade ou prazer. Também grunhe, franze a testa ou chora se estiver zangado ou triste. No quesito comunicação, pode balbuciar, além de utilizar novos grunhidos para demonstrar o que deseja.

      Aos cinco meses, os bebês começam a entender os sons que ouvem, como o latir de um cachorro ou o motor de um carro. Embora ainda não consigam entender as palavras, podem se manifestar em resposta a sons e comandos como “não”.

      Habilidades Cognitivas

      Nos primeiros meses, o bebê aprendeu a reconhecer a voz dos pais, entender que eles respondem quando ele precisa. Aos cinco meses, essa ligação aumenta ainda mais: ao ouvir a voz do pai ou da mãe, ele pode se virar para a sua direção ou até responder com um som particular.

      Por causa desse vínculo mais forte, o bebê de cinco meses pode reagir à separação dos pais e chorar quando fica sozinho. Além disso, pode sentir medo de estranhos e apresentar certa ansiedade na presença deles. Essa é uma parte normal da aprendizagem e da construção de sua segurança no mundo.

      Cada bebê tem seu próprio ritmo de desenvolvimento e é preciso respeitá-lo. Abaixo seguem alguns pontos que você pode observar no bebê de cinco meses, mas, acima de tudo, é importante comparecer às consultas regulares ao pediatra para prevenção e tratamento de quaisquer problemas.

      Nas situações abaixo, atente-se e procure o pediatra:

      • O bebê estiver chorando excessivamente;
      • Não estiver fazendo contato visual com você ou seguindo objetos com os olhos;
      • Não estiver balbuciando ou virando a cabeça em direção a sons e vozes;
      • Não sorrir ou demonstrar quando está feliz ou triste;
      • Não tiver controle da cabeça;
      • Não estiver sentando com ajuda;
      • Não alcançar e agarrar objetos;
      • Perder alguma habilidade que já havia apresentado.

         

      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      Bibliografia: Web Medical Team (“Baby Development - Your 5-Month-Old”), Raising Children Australia (“5 - 6 months: baby development”), Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (“Principais fases do desenvolvimento do bebê: 4 a 5 meses”), Pastoral da Criança (“O bebê de quatro e cinco meses”)

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!