Primeiros Meses

      Fralda de pano ou descartável? Confira os prós e os contras de cada tipo

      por Equipe Danone Baby 8 de Novembro de 2018 5 minutos

      Fralda de pano ou descartável? Todos os pais já devem ter se feito essa pergunta. Mas, assim como qualquer pergunta de apenas duas respostas na criação de uma criança, a decisão não deverá ser influenciada por opiniões prontas e palpites igualmente incisivos por parte dos familiares e amigos mais próximos.

      O fator fundamental que deve ser levado em conta — para além da rotina e do estilo de vida dos pais — é o conforto do bebê. O que, nesse caso, pode até ser a mescla dos dois tipos. Afinal, cada opção tem vantagens e desvantagens.

      Fraldas de pano

      Disponíveis em tecido atoalhado, de algodão ou de flanela, a fralda de pano pode ser mais simplezinha, no estilo daquelas que nossas avós e mães usavam, como também pode ser estampada e feita com várias camadas, velcro e até mesmo botõezinhos, dependendo do modelo.

      Prós

      • Custo

      Um dos benefícios é o custo. Estima-se que um bebê utilize, desde seu nascimento até o desfralde, cerca de 4.110 fraldas descartáveis, o que corresponde a uma média de gastos que varia de R$ 4.856 a R$ 5.071 neste período*.

      No caso dos pequenos que fazem uso de fraldas de pano, um kit de enxoval completo, com 16 fraldas diurnas e 4 noturnas, o suficiente para o primeiro ano de vida, custa por volta de R$1.238, quatro vezes mais barato do que a quantia que se gasta com fraldas descartáveis.

      • Benefícios ao meio ambiente

      Outro fator que deve ser destacado, no caso de fraldas de pano, é que elas agridem muito menos o meio ambiente por serem reutilizáveis após a lavagem. Pense no impacto de quatro mil fraldas jogadas no lixo. Para onde elas vão? Segundo dados divulgados pela Unicef, uma fralda descartável demora 600 anos para se decompor por completo.

      • Sinais para os pais

      Com a fralda de pano, as crianças também tendem a sentir mais brevemente que estão molhadas ou sujas, o que facilita para as mães na hora da troca.

      • Menos problemas de pele

      Além disso, pelas fraldas serem feitas de tecido, as chances de o bebê desenvolver dermatite, assaduras e outras complicações bastante comuns podem diminuir consideravelmente. Por último: no momento do desfralde, as crianças que usam fraldas de pano percebem mais rápido que estão molhadas, o que pode ajudar no processo.

      Contras

      • Lavagens constantes e menos praticidadade

      O principal ponto contra, neste caso, é o fato de as fraldas de pano precisarem ser lavadas constantemente, o que acarreta maior trabalho por parte dos pais e, por vezes, pode atrapalhar a rotina tão corrida da maioria das famílias. Bebês pequenos costumam ter episódios recorrentes de diarreia, o que pode fazer com que a rotina fique ainda mais atribulada, além do risco de as fraldas limpas acabarem, por mais que a família tenha reserva. Por fim, em viagens e passeios, trocar fraldas de pano também é mais complicado, pois muitas vezes você não poderá descartá-las.

      Fraldas descartáveis

      Criada em 1951 pela norte-americana Marion Donovan, a fralda descartável representou uma verdadeira revolução na vida das mamães e papais modernos. O primeiro exemplar do produto que hoje pode ser encontrado em qualquer farmácia ou supermercado, foi feito com a junção de um pano e de um forro plástico impermeável — naquela época, retirado de cortinas de banheiros.

      Prós

      • Praticidade

      É extremamente prática e fácil de trocar. Diferentemente das de pano, as trocas não precisam ser tão recorrentes: se o bebê fizer apenas xixi, dá para esperar uns minutinhos. No caso de passeios e viagens, a fralda descartável também é muito mais fácil de ser eliminada.

      Contras

      • Impacto no meio ambiente

      O principal ponto contra o uso de fraldas descartáveis é o impacto no meio ambiente.  

      • Mais problemas de pele

      Além disso, no calor, o contato da pele com o plástico pode propiciar o surgimento de assaduras. Um estudo científico associou o aparecimento de dermatites com o uso da fralda descartável: além da alta de temperatura, provocada pela superfície plástica, o contato com a amônia da urina, com os micro-organismos do cocô e com as substâncias utilizadas na confecção da fralda podem causar a doença.

      • Prejuízos ao desfralde

      Além disso, quando se está chegando próximo de dar adeus às fraldas, a tecnologia de ultra-absorção pode prejudicar o desfralde, pois demorará mais tempo para que o bebê sinta que está molhado.

      *O cálculo de gastos de fraldas descartáveis foi realizado com preços de pacotes de 38 e 136 unidades.


      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      “Dermatite das fraldas” - Nascer e Crescer - Revista do Hospital de Crianças Maria Pia.

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!