Primeiros Meses

      Benefícios do Método Canguru para recém-nascidos prematuros

      por Equipe Danone Baby 21 de Junho de 2018 5 minutos

      O Método Canguru é um modelo de atenção humanizada que se baseia no contato entre pais e filhos para beneficiar o bebê prematuro e de baixo peso

      O bebê prematuro, que vem ao mundo antes da 37ª semana de gestação e pesando menos do que 2,5kg, precisa de cuidados especiais para deixar a maternidade saudável. O Método Canguru é um modelo humanizado de assistência ao recém-nascido nessas condições. Ao prestar uma assistência completa para toda a família, reduz a mortalidade infantil.

      A principal abordagem do Método Canguru é promover o contato pele a pele entre mãe/pai e bebê. O contato é feito de forma gradual e progressiva, favorecendo o vínculo afetivo a estabilidade térmica, estímulo à amamentação e desenvolvimento do bebê.

      Segundo o Ministério da Saúde, nascem anualmente 20 milhões de bebês prematuros e de baixo peso. Infelizmente, um terço morre antes de completar um ano de vida. No Brasil, as principais causas são asfixia ao nascer, infecções, distúrbios metabólicos, dificuldades para se alimentar e para regular a temperatura corporal.

      Como o Método Canguru funciona

      Inicialmente, os pais tocam seu filho, para depois colocá-lo na posição canguru. Ela consiste em manter o bebê na posição vertical contra o peito do pai ou da mãe, para que suas peles fiquem em contato. A própria família escolhe por quanto tempo deseja ficar nessa posição e em qual frequência.

      O Método Canguru se inicia no pré-natal, quando a gestação é de alto risco e as chances de o bebê nascer prematuro e com baixo peso são mais altas. O profissional de saúde responsável deve explicar a situação para os pais e orientar sobre o método, guiando-os pelo processo.

      Após o nascimento, a Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda que os pais devem ser acolhidos pela Unidade Neonatal, onde o bebê ficará internado, e receber todas as informações sobre as condições de saúde do filho. Eles devem fazer parte da rotina do recém-nascido e ser encorajados a tocá-lo e a fazer companhia. A participação do pai é tão importante quanto a da mãe.

      Assim que possível, o bebê deve permanecer de maneira contínua com os pais na posição canguru pelo maior tempo possível. Quando atingir o peso suficiente (1.6kg), poderá ir para o ambulatório. Lá, ele continuará recebendo acompanhamento da equipe de saúde até atingir 2.5kg, quando poderá ir para casa.

      Mesmo em casa, os pais devem se comprometer a fazer a posição canguru e a levar o bebê para consultas pediátricas regulares. A alta só deverá ser liberada quando a mãe estiver confiante e segura e a família estiver conscientes dos cuidados necessários.

      A SBP considera como “Método Canguru” apenas os sistemas que permitem o contato precoce com o bebê, realizado de maneira orientada e por livre escolha da família.

      Vantagens do Método Canguru

      As principais vantagens são:

      - Diminui o tempo de internação do bebê;

      - Possibilita a oxigenação adequada;

      - Aumento e estabilidade da temperatura corporal;

      - Menos episódios de apneia (paradas respiratórias durante o sono);

      - Aumento do aleitamento materno;

      - Diminuição do choro;

      - Diminuição da frequência do aparecimento de infecções hospitalares;

      - Controle e alívio da dor;

      - Acolhimento do bebê e de sua família;

      - Diminui o tempo de separação entre mãe e bebê.  

       

      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      Ministério da Saúde (“Método Canguru” e “Atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso: Método Canguru - Manual Técnico”)
      Sociedade Brasileira de Pediatria (“Método Canguru” e “Método Canguru: Atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso”)

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!