Primeiros Meses

      Constipação: como saber se o bebê está constipado

      por Equipe Danone Baby 8 de Junho de 2017 5 minutos

       A constipação é associada a evacuações não frequentes e dolorosas e dor abdominal, o que gera muita preocupação

      A saúde intestinal dos bebês é assunto sério para os pais. Apesar de a constipação ser mais rara no primeiro ano de vida, afetando cerca de 3% dos bebês nessa faixa etária, um estudo brasileiro verificou que cerca de 27% das crianças sofrem de constipação aos dois anos de idade.

      Entretanto, identificar a constipação intestinal pode não ser tão simples, já que não existe uma regra para a frequência com que o bebê deve evacuar. Durante os primeiros meses de vida, é possível que o bebê faça cocô após cada mamada. Mas a evacuação pode ocorrer também em intervalos mais longos, de dias, o que é considerado normal se o bebê estiver ganhando peso adequadamente, se as fezes estiverem amolecidas e sem sangue e se ele não estiver sentindo desconforto ou dor ao evacuar.

      aplv-1-1-807x350.jpg

       

      Sinais de possível constipação

      A constipação é frequentemente associada a evacuações não frequentes e dolorosas e dor abdominal, o que gera muita preocupação na família. Alguns sinais e sintomas podem ajudar a identificar esta condição:

      • Distensão abdominal:  consiste no aumento do volume do abdômen do bebê. Portanto, repare se a barriga do bebê parece rígida e inchada.
      • Mudança na aparência das fezes: fezes ressecadas ou na forma de pequenas bolinhas, que são eliminadas com dor ou dificuldade, podem ser um dos principais sintomas da constipação intestinal.
      • Inapetência: perda de apetite ou desejo de se alimentar.
      • Retenção de fezes: quando a criança reprime a vontade de fazer cocô, comportamento que pode ser observado a partir do segundo ano de vida.
      • Náuseas: também conhecida como enjoo, a náusea é uma sensação de desconforto, associada com a vontade de vomitar.
      • Vômitos: expulsão do conteúdo gástrico pela boca.

      O que fazer na suspeita de constipação

      Se o seu bebê parece estar constipado, o primeiro passo é levá-lo ao pediatra. Ele poderá identificar as possíveis causas, assim como indicar o tratamento adequado. O profissional poderá avaliar a história clínica e fazer exames físicos e complementares para confirmar as suspeitas.

      A ingestão uma dieta balanceada e consumo de água adequado pode ser uma parte do tratamento de constipação.  No entanto, o pediatra é o profissional que poderá indicar o melhor tratamento para cada caso.

      Os pais podem se preparar para a consulta com o pediatra, levando um relato detalhado da defecação do bebê desde o nascimento, da forma como o bebê foi amamentado e como ocorreu a introdução de novos alimentos, além, é claro, dos principais sintomas que o bebê apresenta.

      Causas da constipação intestinal

      As causas da constipação na criança não são plenamente reconhecidas e podem estar relacionadas a fatores hereditários, alimentares, psicológicos ou emocionais. Além disso, a constipação pode estar associada a alguma doença, porém isto ocorre na minoria dos casos.

      A constipação pode provocar alterações na dinâmica da evacuação, principalmente em crianças maiores. A evacuação com dor ou desconforto leva a um comportamento de retenção de fezes, o que causa maior ressecamento das fezes e evacuações ainda mais dolorosas, gerando um ciclo vicioso. Por isso, é muito importante consultar o pediatra para identificar a causa da constipação do bebê e evitar que o problema se repita no futuro.


      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      Revista da Faculdade de Medicina da USP Ribeirão Preto

      Tabbers MM et al. Evaluation and Treatment of Functional Constipation in Infants and Children: Evidence-Based Recommendations From ESPGHAN and NASPGHAN. JPGN 2014;58: 258–274.

      Sociedade Brasileira de Pediatria. Manual prático de Atendimento em Consultório e Ambulatório de Pediatria. 2006.

      Benninga MA et al. Childhood Functional Gastrointestinal Disorders:Neonate/Toddler. Gastroenterology 2016;150:1443–1455.

      Aguirre ANC et al. Constipação em lactentes: influência do tipo de aleitamento e da ingestão de fibra alimentar. J Pediatr (Rio J) 2002; 78 (3): 202-08.

      Vieira MC et al. Conhecimento do pediatra sobre o manejo da constipação intestinal funcional. Rev Paul Pediatr. 2016;34(4):425---431.

      Morais MB, Maffei HVL. Constipação intestinal. J. pediatr. (Rio J.). 2000; 76 (Supl.2): S147-S156.

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!