Primeiros Meses

      Soluço em bebês: causas, tratamento e quando se preocupar

      por Equipe Danone Baby 31 de Julho de 2017 5 minutos

      Bebês soluçam várias razões: comer demais, engolir ar enquanto mastiga ou estar muito animado

      Soluços em bebês são mais comuns do que em adultos – principalmente em recém-nascidos e menores de um ano. Mesmo no útero, a gestante pode ter sentido o seu filho soluçar e isso é completamente normal.

      O soluço é resultado de uma contração involuntária do músculo que fica abaixo do pulmão, chamado diafragma. Isso faz com que as cordas vocais fechem rapidamente, causando o familiar som “hic”.

      aplv-1-1-807x350.jpg

      O que causa o soluço?

      O soluço pode ocorrer por várias razões, incluindo comer demais, engolir ar enquanto mastiga ou até mesmo estar muito ansioso ou animado. E isso acontece até mesmo, e principalmente, em bebês.

      Não é difícil que bebês engulam um pouco de ar enquanto estão sendo alimentados, e isso aumenta a propensão a ter soluços. Por isso, é importante “esticar” sua barriguinha para liberar o ar acumulado. Além de causar soluços, o ar acumulado na barriga pode causar desconfortos e vômitos.

      Como prevenir o soluço em bebês

      • Comece a alimentar o bebê quando ele estiver relaxado.
      • Prefira alimentá-lo quando não estiver faminto demais.
      • Segure o bebê ereto por cerca de 20 minutos após cada alimentação
      • Dê ao bebê refeições pequenas, mas frequentes.

      Como aliviar o soluço

      Não é necessário abreviar o tempo do soluço, mas caso os pais queiram amenizar o desconforto, vale:

      • Oferecer um pequeno gole de água ao bebê (nos casos em que o líquido já faz parte da dieta)
      • Deixar a criança em posição inclinada, para estimular que arrote mais um pouquinho
      • Se o bebê ainda estiver em fase de amamentação, colocá-lo ao peito, pois a sugada estimula o diafragma a voltar à condição normal.

      Soluço e refluxo

      Quando soluça após a mamada, o bebê pode regurgitar um pouco de leite. Isso é comum porque o organismo dele ainda não desenvolveu o esfíncter de forma apropriada, uma válvula muscular que abre e fecha para deixar que o alimento passe para a barriga. Quando a válvula abre fora de hora, o conteúdo presente no esôfago volta e sai pela boca. A regurgitação é uma consequência direta do refluxo.

      Refluxo é normal, principalmente no primeiro ano de vida. Logo, se o bebê estiver se desenvolvendo bem (ganhando peso), não é motivo de preocupação.

      Quando procurar ajuda

      A maioria dos episódios de soluço duram, no máximo, alguns minutos. Se o bebê soluçar por horas a fio, você deve procurar ajuda.

      Entre as causas mais sérias para o soluço está a doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), um problema digestivo  que se caracteriza por sintomas incômodos ou complicações, como perda de peso ou ganho de peso insatisfatório, esofagite e problemas no trato respiratório, entre outros.

      Para identificar a doença, além dos soluços acentuados, o pediatra irá observar a frequência da regurgitação e/ou vômitos, assim como a quantidade de material regurgitado, o histórico clínico do paciente e o resultado do exame físico.


      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

      WebMD Medical Team (“Why does my baby get hiccups?”

      Leia mais

      Perguntas sobre nossos produtos?

      Caso tenha alguma dúvida sobre a Danone Nutricia ou nossos produtos, entre em contato com nossa central de atendimento!